17/10
CBOT
BM&F

Soja
US$ 9,51 (NOV14)
R$ 52,90 (MAI15)

Milho
US$ 3,47 (DEZ14)
R$ 25,71 (NOV14 )


Colunistas


Bolsa Família: A sociedade paga a conta e o Lula se beneficia.

Quantidade de visitas: 4181
01/09/2010 - 11:43

Reginaldo Minaré

             O Brasil conta com uma população de 193.733.795 (milhões de habitantes), considerando uma média de 4 pessoas por família, pode-se afirmar que no Brasil residem 48.433.448 (milhões de famílias). O programa Bolsa Família contempla atualmente 12.582.844 (doze milhões de famílias), ou seja, 25,97% das famílias brasileiras são beneficiárias do programa Bolsa Família.


Dividindo o orçamento do programa Bolsa Família, que em 2010 é de R$ 13.681.025.000 (bilhões de reais), pelo número de famílias existentes no Brasil, concluiremos que cada família contribui anualmente com R$ 284,47, na forma de pagamento de impostos, para o financiamento do programa.


Uma família que tem renda de dois salários mínimos por mês (R$ 1.020,00) e não é beneficiária do programa Bolsa Família contribuirá com 27,8% de um mês de rendimento para o custeio do programa Bolsa Família. Evidente que as famílias, especialmente as da classe média, contribuem com um percentual um pouco maior.


Mesmo dividindo o custo do programa Bolsa Família entre todos, verifica-se que o investimento não é nada barato para grande parte da população brasileira.


Desde 2004 as famílias brasileiras já investiram 66.882.455.748 bilhões no programa Bolsa Família. Dividindo o volume investido pelo total de famílias residentes no Brasil, chegamos à seguinte conclusão: Cada família investiu R$1.380,91 no programa.


Para uma família que tem renda de dois salários mínimos, de 2004 até 2010 já destinou mais de um mês de renda familiar, na forma de pagamento de impostos, para o custeio do programa.


Uma comparação entre o dinheiro público destinado ao programa Bolsa Família e ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, serve para demonstrar o quanto se gasta com o financiamento do Bolsa Família. De 2004 até 2010 o Bolsa Família recebeu 66.882.455.748 bilhões e o Ministério da Agricultura, no mesmo período, recebeu 40.172.814.065 bilhões.


Um investimento desse porte deve ter seus objetivos políticos bem estabelecidos, metas a serem atingidas pelos beneficiários e mecanismos rigorosos de avaliação dos resultados, e isso o governo não apresenta aos financiadores do programa, ou seja, aos brasileiros. Evidente que a sociedade espera investir em um programa que capacite as famílias beneficiárias para, após um determinado tempo, sobreviver bem sem o benefício.


O Estado de Pernambuco tem 8.810.256 milhões de habitantes e 1.042.389 milhões de famílias atendidas pelo programa Bolsa Família. Neste Estado, onde o presidente Lula tem seus mais elevados índices de popularidade, aproximadamente 47% da famílias são beneficiários do programa.


No Estado do Maranhão, que conta com uma população de 6.367.138 milhões de habitantes, 863.329 mil famílias são beneficiárias do programa Bolsa Família. Neste Estado, aproximadamente 54% das famílias são beneficiárias do programa e índice de popularidade do presidente Lula também é elevadíssimo.


No Estado de São Paulo a população é de 41.384.039 milhões de habitantes e conta com 1.061.455 famílias beneficiárias do programa. Neste Estado, 10% das famílias são beneficiárias do Bolsa Família.


Infelizmente o sucesso eleitoreiro do programa Bolsa Família é bem maior que seu potencial para alavancar o Índice de Desenvolvimento Humano – IDH medido pela Organização das Nações Unidas - ONU. De 1994 até 2002, o IDH brasileiro teve evolução vertiginosa, saiu de 0.72 para 0.79,5, ou seja, subiu sete pontos e meio. De 2003 até 2009, o IDH brasileiro saiu de 0.79,5 para 0.82,5, ou seja, subiu três pontos. Efetivamente o avanço foi pífio. Entretanto, como esse critério da ONU proporciona ao país que superar o índice 0,8 mudar de categoria na classificação, o atual governo se vangloria de ter levado o país ao patamar de Estado com elevado grau de desenvolvimento humano. Analisando o histórico dos índices, fica claro que o atual governo está "comprando troféu e dizendo que conquistou", pois os números demonstram que os programas e políticas adotadas no período entre 1994 e 2002 foram mais eficientes e contribuíram mais para a conquista da posição atual.


O pior, contudo, reside no fato de que diante de qualquer crítica que a oposição faça ao programa, o atual governo responde com a acusação de que a oposição vai acabar com o programa Bolsa Família, em outras palavras, cria um clima de terrorismo para 27,8% das famílias brasileiras. Resta claro que o programa Bolsa Família se tornou um poderoso instrumento de compra de voto pago pela maioria das famílias Brasileiras.


Fundamental que a sociedade exija a realização de profundas modificações no modelo atual do programa Bolsa Família e, caso seja necessário, aumente o valor do benefício para estabelecer metas e mecanismos para aferição de resultados.


 

Reginaldo Minaré

Advogado e Mestre em Direito


Comentários (12)

Comente esse conteúdo preenchendo o formulário abaixo e clicando em enviar






- Opiniões expressas nesse ambiente são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representam o posicionamento do Portal Agrolink.

25/03/2014 às 10:40h - a 7 luto pra receber o bolsa família minhas filhas estudam e me cobram porque não recebem eu digo que não por mim não tenho casa e nada no meu nome sei que tenho direito pelas minhas filha ajuda ai sei de muitos que precisam e recebe eu mereço (eliene nogueira dos reis)

12/01/2014 às 10:56h - EU NÃO ACREDITO QUE ESTOU LENDO QUE NÓS O POVO QUE SE DIZ HUMANITÁRIO ESTAR DISCUTINDO O BOLSA FAMÍLIA , QUANTO GASTAMOS COMPRANDO CARROS PARA DEPUTADOS, VIAGENS PARA SENADORES, ETC,ETC,ETC, QUANTO SAI DO NOSSO BOLSO PAR AS MORDOMIAS ? E AGORA ESTAMOS FAZENDO CONTA DE QUANTO CUSTA MATAR A FOME DOS POBRES DO NOSSO PAÍS? A RENDA MAL DISTRIBUÍDA DURANTE DÉCADAS EMPOBRECEU A POPULAÇÃO , CRIANÇAS TINHAM QUE TRABALHAR PARA AJUDAR NO SUSTENTO DE CASA E AGORA COM O BOLSA FAMÍLIA QUE RECEBEM SÃO OBRIGADOS A ESTAREM MATRICULADOS EM UMA ESCOLA O QUE A LONGO PRAZO IRA MELHORAR A VIDA DE SEUS FAMILIARES . FAÇA-ME UM FAVOR QUANTO CUSTA UM PROCESSO E QUANTO TEMPO LEVA PARA QUE SE OBTENHA ALGUM BENEFÍCIO ? O SR TEM QUE BRIGAR É POR UMA JUSTIÇA MENOS LENTA , AS PESSOAS MORREM E NADA RECEBEM COM O ENTRAVO QUE TEM A JUSTIÇA DESSE PAÍS . A JUSTIÇA AGORA VAI TER UMA DESPESA ESTRONDOSA COM A COMPRA DE CARRÓES PARA JUIZES , E VEM ME FALAR DE BOLSA FAMÍLIA ? TENHOA CERTEZA DE QUEM COLABORA COM BOLSA FAMÍLIA NÃO ESTÁ PASSANDO FOME . QUANTAS INSTITUIÇÕES AJUDAMOS NOS APELOS DAS TVS ? E OS JOGADORES DE FUTEBOL GANHAM MILHÕES E TODO MUNDO AINDA BRIGA POR CAUSA DE TIME , A INCOERÊNCIA ESTÁ AI EXPLÍCITA . PASSE BEM (SHEILA)

19/04/2012 às 05:08h - Um pais em que professores tem que fazer greve é um pais perdido, um governo que não respeita seus professores não merece respeito, aqui quem fala é um estudante. Eu posso ser até uma excessão.não sei... (Ed.)

18/04/2012 às 04:17h - Eu só quero saber até onde vai, se essa corda aguenta ou arrebenta de uma vez, o resultado dessa politica assistencialista e eleitoreira só beneficia a alguns o que eles estão fazendo no Brasil é uma grande perversidade, o resultado todos já estão vendo, a violência aumentando e as drogas campeando, pois na falta de emprego muitos que tem coragem vão por esse caminho, pois sabe-se que não tem emprego para todos, e um governo irresponsavel e burro ajuda a tornar a vida de todos um inferno, porque ao invés do bolsa familia eles não priorizaram a educaçao, o planejamento familiar, assistência ao desempregado com cursos profisionalizantes e outros beneficios, como facilitar a vida do desempregado como por exemplo nos transportes, pois o desempregado precisa se deslocar de um lugar a outro a procura de emprego, mas não, só apoia a quem faz filho a toa. Por que o governo tem que pagar para os pais colocarem seus filhos na escola?... O nome desse programa não devia ser bolsa familia não e sim bolsa... (Miminho)

16/02/2012 às 02:21h - Eu tenho um filho de 8 anos, meu marido recebe R$940 e eu R$700 posso fazer o bolsa família ? (Ana paula de Souza)

10/10/2011 às 05:03h - DEVE-SE ENSINAR A PESCAR,DA O PEIXE NÃO (Jose C G. Lima)

11/11/2010 às 01:40h - Ctz vc nunca passou fome. (Karoline Barros)

21/09/2010 às 12:00h - Enquanto os EUA investem 20 bilhoes de dolares somente na agencia espacial americana, o que sem duvida alguma gera um enorme avanco tecnologico, o presidente dos pobres e oprimidos assalta 20 bilhoes de reais do meu bolso para comprar votos e se tornar mais poderoso e popular. Brasileiros acordem, vamos dar o peixe ou ensinar a pescar} ao inves de distribuir meus impostos para os outros fazerem filhos e eu ter que pagar, porque o governo nao investe pesado em escolas,em programas de prevencao a gravidez, em infra estrutura para gerar empregos} chega de sermos feitos de idiotas, quem tem filho que cuide, ou tenha somente 1 nao 10! espero que possamos pressionar o congresso para tirar o dinheiro desse programa vagabundo e aplicar meus impostos devidamente wilson (Wilson Lira)

10/09/2010 às 12:00h - Parabéns ao comentário, já que o governo não mostra o lado prático da coisa, apenas a teoria, precisamos de canais como esse para "abrir" a mente das pessoas. É uma pena que o Sr. José G. Baccarin pensa assim, pois é ele que financia junto com toda a nação esse projeto, que, querendo igualdade, faz com que as famílias, na sua grande maioria, procure ficar em casa do que trabalhando, já que recebe os benefícios. Pra mim, tinha que melhorar o programa de empregos, aí a sociedade deixaria de ser pobre. (Paulo Rodrigo Burkner)

09/09/2010 às 12:00h - Sr. Reginaldo Milaré, Quem se beneficia do Bolsa Família são as famílias pobres e a nação brasileira. Sugiro que o senhor veja os indicadores de distribuição de renda e veja o quanto eles melhoraram no Governo Lula. Graças aos programas sociais e ao aumento real do salário mínimo. Talvez seja isso que lhe desagrade. Há aqueles que querem manter os pobres o mais pobres possível, para continuar pagando salário de fome aos mesmos. Não constituiremos uma nação civilizada, se não diminuirmos a distância entre ricos e pobres. Saudações, (José Giacomo Baccarin)

08/09/2010 às 12:00h - Concordo plenamente com o Dr. Reginaldo, está na hora de mudar essa politica deste atual governo. (José Humberto )

08/09/2010 às 12:00h - Obrigado Reginaldo por se manifestar e tentar mostrar a real situação. Para Sermos uma Venezuela e ou uma Cuba esta por pouco. Eu não quero. (Nivaldo Alves Pereira Filho)