TO: segunda fase da vacinação contra febre aftosa ocorre de 1º a 30 de novembro

FEBRE AFTOSA

TO: segunda fase da vacinação contra febre aftosa ocorre de 1º a 30 de novembro

Os produtores rurais tocantinenses devem vacinar 4 milhões de animais durante a 2ª etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa
Por:
227 acessos

Faltam 15 dias para o início da segunda etapa anual da campanha de vacinação contra febre aftosa no território tocantinense, os produtores rurais devem vacinar cerca de 4 milhões de bovídeos (bovinos e bubalinos), entre os dias 1º e 30 de novembro. Assim como a vacinação, a comprovação também é obrigatória e deverá ser realizada nas unidades da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) até 10 dias após a compra da vacina.

Nesta fase somente os animais com até 24 meses de idade, declarados em maio, deverão ser vacinados. “Para fazer a declaração, o produtor rural deverá apresentar a nota fiscal da vacina e a carta-aviso preenchida com dados do rebanho, a medida visa o controle sanitário e a atualização cadastral, já que todos os animais devem receber a dose da vacina”, disse o responsável pelo Programa Estadual de Erradicação da Febre Aftosa, João Eduardo Pires, acrescentando que, desde maio deste ano, a dose do produto é de 2 ml por animal.

De acordo com o presidente da Adapec, Alberto Mendes da Rocha, é preciso o comprometimento de todos os pecuaristas para o Estado continuar alcançando altos índices vacinais, que resultará no avanço sanitário para zona livre da doença sem vacinação, previsto pra ocorrer em 2021. “Temos que continuar vacinando o rebanho rigorosamente para demonstrarmos eficácia na sanidade, principalmente, nesse momento que trabalhamos as estratégias para transição de status, que será um grande passo na economia”, disse.

Multas

A multa para quem deixar de vacinar é R$ 5,32 por animal e R$ 127,69 por propriedade não declarada. É preciso ficar atento, pois a emissão da Guia de Trânsito Animal (e-GTA), documento obrigatório para movimentação dos animais, está condicionada a comprovação da vacinação.

Orientações

  A dose da vacina é de 2ml por animal, a manutenção da temperatura do produto é fundamental, deve ser preservada na caixa de isopor com gelo até o momento da aplicação;

  A aplicação deve ser feita na “tábua do pescoço”, e à sombra;

  Na compra da vacina, verificar se ela está conservada em refrigeração e temperaturas adequadas, entre 2° e 8°C;

  Verificar o prazo de validade do produto no ato da compra


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink