Novo herbicida controla azevém na dessecação pré plantio da lavoura de trigo

FREIO NAS DANINHAS

Novo herbicida controla azevém na dessecação pré plantio da lavoura de trigo

Espécie muito vigorosa e competitiva, causando reduções de produção
Por: -Leonardo Gottems
11602 acessos

Um novo herbicida para o controle de gramíneas anuais e perenes acaba de ter seu registro estendido também para a cultura de trigo. O Freno 240 EC, lançamento da Rotam do Brasil, possui como princípio ativo o Cletodim, e se constitui em mais uma alternativa para o combate de azevém (Lolium multiflorum) na lavoura do cereal de inverno mais popular do mundo. Para o manejo desta planta daninha o Freno 240 EC deve ser aplicado 7 dias antes do plantio do trigo visando a dessecação do Azevém presente na área.

De acordo com a fabricante, multinacional com sede em Hong Kong e polo de fabricação na China, o Freno 240 EC, “ajuda o triticultor a não ter perda de produção com a erva daninha”. Em pesquisas na estação experimental da empresa na localidade de Artur Nogueira (estado de São Paulo), o produto foi efetivo no controle de azevém quando foi aplicado de forma isolada, chegando a um índice de mais de 85%. Quanto em mistura com o Glifosato, porém, a efetividade chegou a 95%.

O responsável pela estação de pesquisa da Rotam do Brasil, Carlos Guarnieri, explica que o azevém é uma planta anual ou bianual que se reproduz por sementes. “É muito utilizada como planta forrageira, mas também é caracterizada com uma planta daninha em lavouras anuais e pomares”, destaca. Segundo ele, esta é uma espécie muito vigorosa e competitiva, causando reduções de produção: segundo pesquisas, para populações de Azevém de 100 plantas, a redução da produtividade de grãos é de 20 a 30%.

Além de azevém, no trigo o Freno 240 EC também possui recomendação contra a Aveia preta (Avena strigosa). O herbicida possui registro também contra plantas daninhas nas culturas da soja, milho, feijão, café, algodão, batata, tomate, melancia, alho, cebola, cenoura, fumo, mandioca e tomate. A bula completa pode ser conferida no sistema exclusivo AgrolinkFito (clique AQUI para ver).


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink