O conteúdo solicitado não foi encontrado

Mancha angular

Crestamento bacteriano (Xanthomonas axonopodis pv. malvacearum)

Culturas Afetadas: Algodão

Sinônimo: Xanthomonas campestris pv. malvacearum

A mancha angular ou crestamento bacteriano causado por

Xanthomonas axonopodis pv. malvacearum é uma bacteriose de grande importância econômica para a cultura do algodão. Este patógeno ocorre de forma generalizada em todas as áreas produtoras e possui alta variabilidade, podendo causar grandes perdas.

Danos: Nas folhas a bactéria causa manchas angulares oleosas, de coloração verde, passando a parda. Com a evolução da doença essas lesões tornam-se necrosadas e coalescem, promovendo a rasgadura do limbo foliar. Essas lesões são encontradas principalmente ao longo das nervuras principais.  As maçãs podem apresentar manchas arredondadas ou de formato irregular, coloração parda e deprimidas na parte central.

Controle: A forma mais efetiva de controle dessa doença é o uso de variedades resistentes. Para o plantio recomenda-se o uso de sementes e mudas sadias e de boa qualidade, assim como máquinas e equipamentos limpos. Recomenda-se também realizar aração profunda para o enterrio de restos culturais infestados, plantas daninhas e voluntárias. A rotação de cultura com espécies não hospedeiras por um período mínimo de três anos reduz o potencial de inóculo.

O tratamento das sementes através do deslintamento com ácido sulfúrico é uma das medidas de controle recomendadas devido à efetiva redução na fonte de inóculo. Usar produtos registrados para a cultura.

Deslize o dedo na tabela abaixo para movê-la horizontalmente