Bula Biolita - Bio Controle

Bula Biolita

CI
Acetato de (Z)-8-Dodecenila; Acetato de (E)-8- Dodecenila; (Z)-8-Dodecenol
4205
Bio Controle

Composição

Acetato de (E)-8-dodecenila; Acetato de (Z)-8-dodecenila; Z-8-dodecenol 0,7 g/kg

Classificação

Sachê
Feromônio
Não Classificado
IV - Produto pouco perigoso ao meio ambiente
Não inflamável
Não corrosivo
Gerador de Gás (GE)
Feromônio

Todas as culturas com ocorrência do alvo biológico

Calda Terrestre Dosagem
Grapholita molesta (Mariposa oriental)

Embalagens contendo 1, 5, 10, 20, 50, 100, 500, 1000, 2000, 3000 e 5000 saches de 4, 10 gramas cada sache.

INSTRUÇÕES DE USO

Retirar os sachês da embalagem sem perfurá-los. Pendurá-los uniformemente em árvores na altura de 1,8 metros do solo na área sujeita à ação do produto.

MODO DE APLICAÇÃO

Retirar o sachê da embalagem.
Nunca perfurar o sachê, pois fará com que o produto volatilize mais rápido.
Não é necessária a utilização de armadilha com o sachê de Biolita.
Pendurar cada sachê em uma árvore à altura de 1,8 metro do solo, dispostos uniformemente na área sujeita à ação do produto.

INTERVALO DE SEGURANÇA

Não determinado devido à natureza e forma de aplicação do produto.

INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS

Não determinado devido à natureza e forma de aplicação do produto.

LIMITAÇÕES DE USO

Sem restrições.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente – IBAMA/MMA.

A grande quantidade de liberadores na área a ser tratada irá descentralizar a fonte do feromônio sexual, o que dificultará o encontro dos casais para o acasalamento. A técnica da “confusão sexual” reduz a reprodução do inseto-alvo, resultando em diminuição da população a cada geração. O produto não afeta o meio ambiente, pois age apenas sobre a espécie-alvo (Grapholita molesta).
Feromônios são amplamente utilizados no MIP para monitoramento da praga, não selecionando indivíduos resistentes.
Sempre consultar um Engenheiro Agrônomo para direcionamento sobre as recomendações locais para o manejo de resistência de inseticidas (MRI). Para informações adicionais sobre resistência de insetos, mecanismos de ação e monitoramento de resistência, visite o site do IRAC (Insecticide Resistance Action Committee): http://www.irac-br.org.br.

O inseto não desenvolve resistência ao seu próprio feromônio.