Bula Ferramol

acessos
Fosfato férrico
3107
W. Neudorff

Composição

Fosfato Férrico 10 g/kg Inorgânico

Classificação

Moluscicida
III - Medianamente tóxico
IV - Produto pouco perigoso ao meio ambiente
Não inflamável
Não corrosivo
Isca Granulada (GB)
Ingestão
Todas as culturas com ocorrência do alvo biológico Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Caracol
(Helix aspersa)
10 a 15 kg p.c./ha - - Devido à natureza sazonal dos moluscos, espera-se que sejam necessárias no mínimo 4 (quatro) aplicações por safra. Intervalo de reentrada não estabelecido. A aplicação deve ser feita no início da infestação. Reaplicar assim que a isca for consumida ou no mínimo a cada duas semanas. O produto deve ser espalhado sobre o solo, próximo às plantas a serem protegidas
Lesma
(Vaginula langsdorff)
10 a 15 kg p.c./ha - - Devido à natureza sazonal dos moluscos, espera-se que sejam necessárias no mínimo 4 (quatro) aplicações por safra. Intervalo de reentrada não estabelecido. A aplicação deve ser feita no início da infestação. Reaplicar assim que a isca for consumida ou no mínimo a cada duas semanas. O produto deve ser espalhado sobre o solo, próximo às plantas a serem protegidas

Cartucho de papelão ou cartolina de 250, 500 g e 1 Kg.
Saco de polietileno e plásticode baixa densidade de 0,5, 1, 5, 10 e 20 Kg.
Caixa de papelão com bolsa plástica interna 0,5, 1, 5, 10 e 20 kg
Big-bag de polietileno e polipropileno de 800 e 960 kg

INSTRUÇÕES DE USO:
Ferramol é um moluscicida recomendado para controle das pragas e doses relacionadas a seguir, em qualquer cultura nas quais estejam causando prejuízos.

ALVO BIOLÓGICO/DOSE:
Caracol (Helix aspersa) - 10 a 15 Kg/ha;
Lesma (Vaginula langsdorf) - 10 a 15 Kg/ha.

NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO:
A aplicação deve ser feita no início da infestação. Reaplicar assim que a isca for consumida ou no mínimo a cada duas semanas. Devido à natureza sazonal dos moluscos, espera-se que sejam necessárias no mínimo 4 (quatro) aplicações por safra.

MODO DE APLICAÇÃO:
O produto deve ser espalhado sobre o solo, próximo às plantas a serem protegidas. A aplicação pode ser manual, direto da embalagem ou com utilização de equipamento de aplicação para fertilizantes granulados.
Se o solo estiver seco, molhe-o antes da aplicação. O solo deve estar úmido, porém sem água.
A aplicação deve ser feita preferivelmente no final da tarde, visto que lesmas e caracóis se locomovem e se alimentam durante a noite ou bem cedo pela manhã.

INTERVALO DE SEGURANÇA: Não se aplica, devido à modalidade de uso e às características intrínsecas do produto.

LIMITAÇÕES DE USO: Não existem restrições de uso.

DADOS RELATIVOS À PROTEÇÃO DA SAÚDE HUMANA: ANTES DE USAR LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES
PRECAUÇÕES GERAIS:
Leia e siga as instruções desta bula e do rótulo.
Uso exclusivamente agrícola.
Não transporte o produto juntamente com alimentos, medicamentos, rações, animais e pessoas.
Mantenha o produto afastado de crianças, animais domésticos, alimentos, medicamentos e ração animal.
Não coma, não beba e não fume durante o manuseio do produto.
Não distribua o produto com as mãos desprotegidas.
PRECAUÇÕES NO MANUSEIO DO PRODUTO:
O produto não requer manuseio, deve ser aplicado diretamente da embalagem sem contato manual.
Use luvas de borracha e botas. Caso ocorra contato acidental da pessoa com o produto, siga as orientações descritas em primeiros socorros e procure rapidamente um serviço médico de emergência.
PRECAUÇÕES DURANTE O USO:
Use luvas de borracha, botas e óculos de proteção.
Distribua o produto diretamente a partir da embalagem, sem contato manual.
PRECAUÇÕES APÓS A APLICAÇÃO:
Mantenha o restante do produto adequadamente fechado em sua embalagem original em local trancado, longe do alcance de crianças e animais.
Troque as roupas de trabalho, tome banho e lave-as separadamente do restante das roupas da família.
Não reutilizar a embalagem vazia.
PRIMEIROS SOCORROS: procure logo um serviço médico de emergência levando a embalagem, rótulo, bula e/ou receituário agronômico do produto.
Ingestão: Se engolir o produto, não provoque vômito. Caso o vômito ocorra naturalmente, deite a pessoa de lado. Não dê nada para beber ou comer.
Olhos: Em caso de contato, lave com muita água corrente durante pelo menos 15
minutos. Evite que a água de lavagem entre no outro olho.
Pele: Em caso de contato, tire a roupa contaminada e lave a pele com muita água corrente e sabão neutro.
Inalação: Se o produto for inalado (“respirado”), leve a pessoa para um local aberto e ventilado.
TRATAMENTO MÉDICO DE EMERGÊNCIA E ANTÍDOTO:
Não há antídoto especifico.
O tratamento deve ser sintomático de acordo com o quadro clínico.
MECANISMO DE AÇÃO, ABSORÇÃO E EXCREÇÃO PARA O SER HUMANO:
O ferro é um elemento traço essencial, sendo sua absorção via dieta requerida para a saúde. A dieta humana média contém 10 a 15 mg de ferro por dia.
EFEITOS AGUDOS: Pode ser levemente irritante em contato com os olhos.
EFEITOS CRÔNICOS:
Tanto ferro como fosfato são de ocorrência natural e amplamente
utilizados pelo homem, em complexos vitamínicos e fortificação nutricional. Não são esperados efeitos adversos de longo prazo para seres humanos, dentro das doses empregadas.
TELEFONES DE EMERGÊNCIA:
Disque-Intoxicação – Rede Nacional de Centros de Informação e Assistência
Toxicológica (RENACIAT, ANVISA/MS): DDG 0800-722-6001
Neudorff Serviços de Agricultura Ltda.: (0xx11) 3371-1120

DADOS RELATIVOS À PROTEÇÃO DO MEIO AMBIENTE PRECAUÇÕES DE USO E ADVERTÊNCIAS QUANTO AOS CUIDADOS DE PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE:
Este produto é:
( ) Altamente Perigoso ao Meio Ambiente (CLASSE I).
( ) Muito Perigoso ao Meio Ambiente (CLASSE II).
( ) Perigoso ao Meio Ambiente (CLASSE III).
( X ) Pouco Perigoso ao Meio Ambiente (CLASSE IV).
- Evite a contaminação ambiental - Preserve a Natureza.
- Aplique somente as doses recomendadas.
- Não lave embalagens ou equipamento aplicador em lagos, fontes, rios, e demais corpos d'água.
- A destinação inadequada de embalagens ou restos de produtos ocasiona contaminação do solo, da água e do ar, prejudicando a fauna, a flora e a saúde das pessoas.
INSTRUÇÃO DE ARMAZENAMENTO DO PRODUTO, VISANDO SUA CONSERVAÇÃO E PREVENÇÃO CONTRA ACIDENTES:
- Mantenha o produto em sua embalagem original, sempre fechada.
- O local deve ser exclusivo para os produtos tóxicos, devendo ser isolado de alimentos, ração de animais, bebidas ou outros materiais.
- A construção deve ser de alvenaria ou de material não comburente.
- O local deve ser ventilado, coberto e ter piso impermeável.
- Coloque a placa de advertência com os dizeres: CUIDADO VENENO.
- Tranque o local, evitando o acesso de pessoas não autorizadas, principalmente crianças.
- Deve haver sempre recipientes disponíveis para envolver embalagens rompidas.
Em casos de armazéns maiores, deverão ser seguidas as instruções constantes na NBR 9843 da Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT.
- Observe as disposições constantes na legislação estadual e municipal.
INSTRUÇÕES EM CASO DE ACIDENTE:
- Isole e sinalize a área contaminada.
- Contate as autoridades locais competentes e a empresa W. NEUDORFF SERVIÇOS
DE AGRICULTURA LTDA. – telefone (0xx11)3371-1120.
- Utilize equipamento de proteção individual – EPI (luvas e botas de borracha e máscara com filtros).
- Em caso de derrame, siga as instruções abaixo:
Piso pavimentado: recolha o material com auxílio de uma pá e coloque em recipiente lacrado e identificado devidamente. O produto derramado não deverá mais ser utilizado. Neste caso, consulte o registrante através do telefone indicado no rótulo para a sua devolução e destinação final.
Solo: recolha o material e coloque em um recipiente lacrado e devidamente identificado. Contate a empresa registrante conforme indicado acima.
Corpos d’água: interrompa imediatamente a captação para o consumo humano ou animal, contate o órgão ambiental mais próximo e o centro de emergência da empresa, visto que as medidas a serem adotadas dependem das proporções do acidente, das características do corpo hídrico em questão e da quantidade do produto envolvido.
- Em caso de incêndio, use extintores de água em forma de neblina de CO2, ou pó químico, ficando a favor do vento para evitar intoxicação.
PROCEDIMENTOS DE LAVAGEM, ARMAZENAMENTO, DEVOLUÇÃO, TRANSPORTE E DESTINAÇÃO DE EMBALAGENS VAZIAS E RESTOS DE PRODUTOS IMPRÓPRIOS PARA UTILIZAÇÃO OU EM DESUSO:
EMBALAGEM RÍGIDA NÃO LAVÁVEL
- ESTA EMBALAGEM NÃO PODE SER LAVADA
- ARMAZENAMENTO DA EMBALAGEM VAZIA
O armazenamento da embalagem vazia, até sua devolução pelo usuário, deve ser efetuado em local coberto, ventilando, ao abrigo de chuva e com piso impermeável, no próprio local onde são guardadas as embalagens cheias. Use luvas no manuseio dessa embalagem.
Essa embalagem deve ser armazenada com sua tampa, em caixa coletiva, quando existente, separadamente das embalagens lavadas.
DEVOLUÇÃO DA EMBALAGEM VAZIA:
No prazo de até um ano da data compra, é obrigatória a devolução da embalagem vazia, com tampa, pelo usuário, ao estabelecimento onde foi adquirido o produto ou no local indicado na nota fiscal, emitida no ato da compra.
Caso o produto não tenha sido totalmente utilizado nesse prazo, e ainda esteja dentro de seu prazo de validade, será facultada a devolução da embalagem em até 6 meses após o término do prazo de validade.
O usuário deve guardar o comprovante de devolução para efeito de fiscalização, pelo prazo mínimo de uma no após a devolução da embalagem vazia.
EMBALAGEM FLEXÍVEL
- ESTA EMBALAGEM NÃO PODE SER LAVADA
- ARMAZENAMENTO DA EMBALAGEM VAZIA
O armazenamento da embalagem vazia, ate sua devolução pelo usuário, deve ser efetuado em local coberto, ventilado, ao abrigo de chuva e com piso impermeável, no próprio local onde guardadas as embalagens cheias.
Use luvas no manuseio dessa embalagem.
Esta embalagem vazia deve ser armazenada separadamente da lavadas, em saco plástico transparente (Embalagens Padronizadas – modelo ABNT), devidamente identificado e com lacre, o qual deverá ser adquirido nos Canais de Distribuição.
- DEVOLUÇÃO DA EMBALAGEM VAZIA
No prazo de até um ano da data compra, é obrigatória a devolução da embalagem vazia, com tampa, pelo usuário, ao estabelecimento onde foi adquirido o produto ou no local indicado na nota fiscal, emitida no ato da compra.
Caso o produto não tenha sido totalmente utilizado nesse prazo, e ainda esteja dentro de seu prazo de validade, será facultada a devolução da embalagem em até 6 meses após o término do prazo de validade.
O usuário deve guardar o comprovante de devolução para efeito de fiscalização, pelo prazo mínimo de uma no após a devolução da embalagem.
- TRANSPORTE
As embalagens vazias não podem ser transportadas junto com alimentos, bebidas, medicamentos, rações, animais e pessoas. Devem ser transportadas m saco plástico transparente (Embalagens Padronizadas – modelo ABNT), devidamente identificado e com lacre, o qual deverá ser adquirido nos Canais de Distribuição.
- DESTINAÇÃO FINAL DAS EMBALAGENS VAZIAS
A destinação final das embalagens vazias, após a devolução pelos usuários, somente poderá ser realizada pela Empresa Registrante ou por empresas legalmente autorizadas pelos órgãos competentes.
- É PROIBIDO AO USUÁRIO E REUTILIZAÇÃO E A RECICLAGEM DESTA EMBALAGEM VAZIA OU O FRACIONAMENTO E REEMBALAGEM DESTE PRODUTO.
- EFEITOS SOBRE O MEIO AMBIENTE DECORRENTES DA DESTINAÇÃO INADEQUADA DA EMBALAGEM VAZIA E RESTOS DE PRODUTO.
- PRODUTOS IMPRÓPRIOS PARA UTILIZAÇÃO OU EM DESUSO:
Caso este produto venha a se tornar impróprio para utilização ou em desuso, consulte o registrante através do telefone indicado no rótulo para sua devolução e destinação final.
A desativação do produto deverá ser feita através de incineração em fornos destinados para este tipo de operação, equipados com câmaras de lavagem de gases efluentes e aprovado pelo órgão Ambiental competente.
TRANSPORTE DE AGROTÓXICOS, COMPONENTES E AFINS:
O transporte está sujeito às regras e aos procedimentos estabelecidos na legislação específica, que inclui o acompanhamento da ficha de emergência do produto, bem como determina que os agrotóxicos não podem ser transportados junto de pessoas, animais, rações, medicamentos ou outros materiais.

Incluir outros métodos de controle de doenças (ex. controle cultural, biológico, etc.) dentro do programa do Manejo Integrado de Pragas (MIP) quando disponíveis e apropriados.

É improvável a ocorrência de resistência devido ao modo de ação fisiológico.