Bula Galigan 240 F

acessos
Oxyfluorfen
7904
Adama

Composição

Oxyfluorfem 240 g/L Éter difenílico

Classificação

Herbicida
II - Altamente tóxico
II - Produto muito perigoso
Inflamável
Não corrosivo
Concentrado Emulsionável (EC)
Seletivo

Eucalipto Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Amendoim bravo
(Euphorbia heterophylla)
3 L p.c./ha 250 a 500 L de calda/ha - Realizar uma única aplicação. Intervalo de segurança não determinado devido à modalidade de emprego. Aplicar em pré-emergência das plantas espontâneas
Capim carrapicho
(Cenchrus echinatus)
3 L p.c./ha 250 a 500 L de calda/ha - Realizar uma única aplicação. Intervalo de segurança não determinado devido à modalidade de emprego. Aplicar em pré-emergência das plantas espontâneas
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
3 L p.c./ha 250 a 500 L de calda/ha - Realizar uma única aplicação. Intervalo de segurança não determinado devido à modalidade de emprego. Aplicar em pré-emergência das plantas espontâneas
Capim pé de galinha
(Eleusine indica)
3 L p.c./ha 250 a 500 L de calda/ha - Realizar uma única aplicação. Intervalo de segurança não determinado devido à modalidade de emprego. Aplicar em pré-emergência das plantas espontâneas
Caruru rasteiro
(Amaranthus deflexus)
4 L p.c./ha 250 a 500 L de calda/ha - Realizar uma única aplicação. Intervalo de segurança não determinado devido à modalidade de emprego. Aplicar em pré-emergência das plantas espontâneas
Pinus Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Amendoim bravo
(Euphorbia heterophylla)
3 L p.c./ha 250 a 500 L de calda/ha - Realizar uma única aplicação. Intervalo de segurança não determinado devido à modalidade de emprego. Aplicar em pré-emergência das plantas espontâneas
Capim carrapicho
(Cenchrus echinatus)
3 L p.c./ha 250 a 500 L de calda/ha - Realizar uma única aplicação. Intervalo de segurança não determinado devido à modalidade de emprego. Aplicar em pré-emergência das plantas espontâneas
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
3 L p.c./ha 250 a 500 L de calda/ha - Realizar uma única aplicação. Intervalo de segurança não determinado devido à modalidade de emprego. Aplicar em pré-emergência das plantas espontâneas
Capim pé de galinha
(Eleusine indica)
3 L p.c./ha 250 a 500 L de calda/ha - Realizar uma única aplicação. Intervalo de segurança não determinado devido à modalidade de emprego. Aplicar em pré-emergência das plantas espontâneas
Caruru rasteiro
(Amaranthus deflexus)
4 L p.c./ha 250 a 500 L de calda/ha - Realizar uma única aplicação. Intervalo de segurança não determinado devido à modalidade de emprego. Aplicar em pré-emergência das plantas espontâneas

Embalagens plástico tipo Pet de 1 e 5 Litros.
Barricas de metal revestida com resina epoxi, de 20 Litros
Containers de 200 litros de alumínio retornável.

Balde metálico e Bambona de plástico: 2,5 3, 5, 10, 15, 20, 25, 30, 40 e 50 litros
Tambor metálico: 50, 100, 150, 200, 250, 400 e 500 litros

INSTRUÇÕES DE USO:

O GALIGAN 240 F é um herbicida seletivo, do grupo químico éter difenílico, recomendado para o controle de plantas infestantes nas culturas de eucalipto e pinus.

NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO:
Realizar uma única aplicação em pré-emergência das plantas infestantes que deseja o controle.

O Galigan 240 F deve ser pulverizado, em área total, em pós-plantio da cultura e em pré-emergência das plantas infestantes que se deseja o controle.

MODO DE APLICAÇÃO:
Aplicação terrestre. O produto poderá ser aplicado com equipamento costal manual ou motorizado, ou equipamento tratorizado, utilizando-se bicos leque 110.03, espaçados a 50 cm com pressão de 45 lb/pol. Volume de calda entre 250 a 500 l/ha. O solo deve estar úmido e livre de restos de cultura.

INTERVALO DE SEGURANÇA:
Eucalipto.......UNA
Pinus.............UNA (UNA = Uso Não Alimentar)

INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS:
Recomenda-se entrar preferencialmente um dia após a aplicação

LIMITAÇÕES DE USO:
Fitotoxicidade: O produto não foi fitotóxico nas culturas e doses aplicadas, de acordo com as recomendações de uso; em eucalipto com folhas pilosas, evitar o contato com as folhas dirigindo a aplicação ao colo da planta.

EQUIPAMENTOS DE APLICAÇÃO:
Vide Modo de Aplicação.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente – IBAMA/MMA.

Sempre que houver disponibilidade de informações sobre programas de Manejo Integrado, provenientes da pesquisa pública ou privada, recomenda-se que estes programas sejam implementados.

O uso continuado de herbicidas com o mesmo mecanismo de ação pode contribuir para o aumento de população de plantas infestantes a ele resistentes.
Como prática de manejo e resistência de plantas infestantes deverão ser aplicados herbicidas, com diferentes mecanismos de ação, devidamente registrados para a cultura. Não havendo produtos alternativos recomenda-se a rotação de culturas que possibilite o uso de herbicidas com diferentes mecanismos de ação. Para maiores esclarecimentos procure um Engenheiro Agrônomo.