Bula Rapid

acessos
Enxofre
1498704
Dow AgroSciences

Composição

enxofre 800 g/kg ectoparasiticidas

Classificação

Acaricida
IV - Pouco tóxico
III - Produto perigoso
Não inflamável
Não corrosivo
Pó molhável (WP)
Contato
Citros Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Ácaro da falsa ferrugem
(Phyllocoptruta oleivora)
300 g p.c./100 L de água 5 a 20 L de calda / planta - - - Infestação de 10 % dos frutos atacados e 30 ácaros/cm² em frutos indústrias ou 20 ácaros/cm² em frutos mercado

Caixa de papelão de 0,5 e 1,9 Kg. Sacos plásticos e de papel "Kraft" com 0,5; 1; 2; 10; 12; 25 e 30 Kg. Sacos aluminizado com 0,5; 1,0; 2,0; 10;25 e30 Kg. Sacos metalizado com 0,5; 1,0; 2,0; 10; 25 e30 Kg. Baldes metálicos e plásticos com 10, 12 e 15 Kg.

INSTRUÇÕES DE USO: RAPID é um acaricida de contato, empregado no controle do ácaro da falsa ferrugem (Phyllocoptruta oleivora), em citros.

NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO: Iniciar as pulverizações quando for observada uma infestação de 10% de frutos atacados e 30 ácaros por cm2 em frutos destinados à indústria ou 20 ácaros por cm2 em frutos destinados ao mercado "in natura".

MODO DE APLICAÇÃO: RAPID é recomendado para aplicação terrestre com pulverizadores costais, atomizadores ou pistolas. Em qualquer caso, preparar a calda, despejando lentamente o produto sobre a água, com agitação lenta e constante até formar uma calda uniforme. O volume de calda varia de acordo com o porte da cultura.

ATOMIZADORES: Deve-se observar os seguintes parâmetros:Velocidade de trator: 2-3 km/hora, RPM na tomada de força: 540 RPM, Pressão do manômetro: 160 a 300 libras/pol2.Tipo de bico: Disco ou chapinha n.º 3 a n.º 6. Considerando-se que todos estejam abertos, recomenda-se alternar bicos de difusor de 2 furos com bicos de difusor de 3 furos.Condições climáticas: Não aplicar o produto com ventos superiores a 6 km/hora; evitar aplicar o produto nas horas mais quentes do dia.

PISTOLAS: Deve-se observar os seguintes parâmetros: Velocidade do trator: 1,8 km/hora, RPM do trator: 1.400 RPM, Marcha do trator: 1ª reduzida, Pressão: 300 a 350 libras/pol2, Tipo de bico: Disco ou chapinha n.º 4 a n.º 10.Volume de aplicação: Usar 5-20 L de calda por planta, dependendo do porte da árvore.Condições climáticas: Não aplicar o produto com ventos superiores a 6 km/hora; evitar aplicar o produto nas horas mais quentes do dia.

PULVERIZADORES COSTAIS:Como os pulverizadores costais manuais não possuem regulador de pressão, o volume a ser aplicado depende muito do operário que executa a operação. A calibração deve ser feita individualmente, sendo considerada uma velocidade usual aquela ao redor de 1 metro/segundo. A pressão de trabalho varia conforme o ritmo de movimento que o operador imprime à alavanca de acionamento da bomba, combinado com a vazão do bico. Bicos de alta vazão geralmente são trabalhados à baixa pressão, uma vez que no ritmo normal de bombeamento não se consegue atingir altas pressões. Em oposição, bicos da baixa vazão são operados em pressões maiores, pois o operador consegue manter o circuito pressurizado acionando poucas vezes a alavanca da bomba.
OBS: A critério do Engenheiro Agrômomo, as condições de aplicação podem ser alteradas.

LIMITAÇÕES DE USO: Fitotoxicidade:Não é fitotóxico para a cultura indicada., na dose recomendada.

OUTRAS RESTRIÇÕES A SEREM OBSERVADAS: não aplicar RAPID 20 a 40 dias antes ou depois de tratamentos à base de óleos, para evitar queimadura nas plantas.

PRECAUÇÕES NO MANUSEIO: MEDIDAS GERAIS E PRIMEIRO SOCORROS: Durante a manipulação, preparação da calda ou aplicação, use macacão com mangas compridas, botas e chapéu. Leia e siga as instruções do rótulo. Mantenha o produto afastado de crianças e animais domésticos. Evite comer, beber ou fumar durante o manuseio ou aplicação do produto. Mantenha o produto afastado de alimentos ou de ração animal. Não contamine lagos, fontes, rios e demais coleções de água, lavando as embalagens ou aparelhagem aplicadora, bem como lançando-lhes seus restos. Mantenha a embalagem original sempre fechada e em lugar seco e ventilado.

Inutilize e enterre profundamente as embalagens do produto.Mantenha afastados das áreas de aplicação crianças, animais domésticos e pessoas desprotegidas por um período de 7 dias após a aplicação do produto. Não utilize equipamentos com vazamentos. Não desentupa bicos, orifícios, válvulas, tubulações, etc. com a boca. Uso exclusivamente agrícola. Após a utilização do produto remova as roupas protetoras e tome banho. Não de nada por via oral a uma pessoa inconsciente. Distribua o produto da própria embalagem, sem contato manual. Procure imediatamente assistência médica em qualquer caso de suspeita de intoxicação. Aplique somente as doses recomendadas. Não distribua o produto com as mãos desprotegidas; use luvas impermeáveis. Não aplique o produto na presença de ventos ou nas horas mais quentes. Mantenha a embalagem longe do fogo. Manuseie o produto em local arejado.

Em caso de ingestão acidental provoque vômito e procure imediatamente o médico, levando a embalagem ou rótulo do produto.Evite a inalação ou aspiração do produto. Caso isso aconteça, remova o paciente imediatamente para local arejado e chame logo o médico.Evite o contato com a pele. Caso isso aconteça, lave imediatamente as partes atingidas com água e sabão em abundância e se houver sinais de irritação procure o médico.Evite o contato com os olhos. Caso isso aconteça, lave-os imediatamente com água corrente durante 15 minutos e se houver irritação procure o médico, levando a embalagem ou rótulo do produto.Sintomas de alarme:Náuseas, vômitos, dor-de-cabeça, diarréia.

ANTÍDOTOS E TRATAMENTOS (informações para uso médico):Tratamento sintomático. Não há antídoto específico.

Sempre que houver disponibilidade de informações sobre MIP, provenientes da pesquisa pública ou privada, recomenda-se que estes programas sejam implementados.

Qualquer agente de controle de insetos pode se tornar menos efetivo ao longo do tempo, se o inseto desenvolver algum mecanismo de resistência. O Comitê Brasileiro de Ação a Resistência à Inseticidas - IRAC-BR, recomenda as seguintes estratégias de manejo de resistência a inseticidas (MRI),visando prolongar a vida útil dos mesmos:
- Qualquer produto para controle de inseto, da mesma classe ou modo de ação, não deve ser utilizado em gerações consecutivas da mesma praga.
- Usar somente doses recomendadas no rótulo/bula.
- Sempre consultar um Engenheiro Agrônomo para direcionamento sobre as recomendações locais para o MRI.
Incluir outros métodos de controle de insetos (ex. Controle Cultural, Biológico, etc...) dentro do programa de Manejo Integrado de Pragas (MIP), quando disponível e apropriado.

Compatibilidade

Incompatível com substâncias alcalinas e dinitros.