0 acessos

Estratégias de Manejo Utilizando Indicadores de Sustentabilidade

Descrição

As estratégias de manejo do meio ambiente são estabelecidas conforme a cultura dos diferentes povos e comportam diversas técnicas transmitidas por gerações, desde a descoberta do fogo no paleolítico, passando pelas etapas tecnológicas na confecção de instrumentos até a domesticação de animais, cultivo de plantas e atualmente a biotecnologia. Entretanto, com a expansão populacional as práticas de manejo insustentáveis ficaram mais evidentes, multiplicando em várias vezes o poder de pressão antrópica sobre a natureza afetando diretamente os processos ecológicos de suporte a vida e suas implicações antropológicas no desenvolvimento civilizatório.

A presente obra é um estudo estratégico metodológico com a utilização de indicadores de sustentabilidade na análise quali-quantitativa e multidimensional da agricultura familiar em escala local, tendo como experiência o agroecossistema insular estuarino da Ilha dos Marinheiros, Rio Grande-RS. Esse enfoque metodológico analítico e inovador da sustentabilidade, introduz as bases educacionais para uma eficiente política de governo na implantação de comitês de gestão em bacias hidrográficas com ênfase no uso múltiplo da água e nos princípios da precaução e prevenção.

A estruturação da plataforma agrega medidas de manejo e regulação, a partir da formulação de uma política estratégica e aplicada de governo e gestão para o desenvolvimento rural sustentável. Suas aplicações aos processos de gestão e a abordagem conceitual e crítica da sustentabilidade permitem gerar circuitos espaciais de manobra participativa local, pactuando de forma gradativa e contínua na construção de novos consensos passíveis de formular uma Agenda mínima de ajustes ecológicos nos componentes estruturais e funcionais do sistema produtivo, oportunizando assim o advento de novos modelos e instrumentos de gestão participativa como o estado democrático de direito no planejamento regional.

A abordagem metodológica contempla a emergência de um novo paradigma de natureza sustentável com a devida previsão e contabilização de impactos de projetos de intervenções agrícolas demonstrativas e experimentais, transcendendo a uma simples análise e permitindo assim um planejamento de prognóstico de cada agroecossistema em sintonia com seu contexto local, diversifica e dinamiza a gestão e o manejo integrado com amplo controle social e uma avaliação da qualidade dos processos informativos e formativos da sociedade, em conformidade com as respectivas particularidades e prioridades inerentes aos distintos sistemas produtivos.

Nesse sentido, a opção por esse enfoque estratégico da sustentabilidade demonstra-se uma metodologia de alto potencial reprodutivo, na construção, reformulação e ampliação da percepção social dos usuários do sistema e possibilita em diferentes níveis de abordagens uma projeção e simulação de cenários atuais e futuros das políticas que incidem na manutenção do capital natural e promoção do capital social com crescimento econômico, revelando-se portanto, um método integrado de investigação multidisciplinar eficiente e com amplo potencial exploratório para instituições, docentes, estudantes, gestores, elaboradores de políticas e público em geral, na construção de diretrizes, fortalecimento e planejamento de plataformas políticas coerentes com os novos cenários e desafios do século 21


Responsavel: www.agrolivros.com.br
Fone: (51) 3403.1155
Fone2: (51) 3402.3415
Email: vendas@agrolivros.com.br

Fábio André S Antunes
Guaíba/RS
Em Dinheiro
R$ 25,00
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink