Perspectivas da vedação de silos e armazéns
CME MILHO (SET/20) US$ 3,076 (-1,22%)
| Dólar (compra) R$ 5,41 (1,29%)


Agronegócio

Perspectivas da vedação de silos e armazéns

Perspectivas da vedação de silos e armazéns no Brasil para atender a qualidade exigida pelo mercado
Por:
390 acessos
Perspectivas da vedação de silos e armazéns no Brasil para atender a qualidade exigida pelo mercado


O Brasil está aumentado sua produção de grãos a cada ano, e é óbvio que a capacidade de armazenagem do país deverá atender a este aumento de produção e mais ainda, com a qualidade que o mercado exige. As pragas são o principal contaminante dos grãos durante a armazenagem e comprometem a comercialização, pois é exigido que os grãos a serem comercializados, tanto no mercado interno quanto externo, estejam isentos de pragas. Este padrão é internacional e o país ou o armazenador que não atender a isto não terá mais acesso ao mercado e arcará com prejuízos financeiros.

Perdas quantitativas e qualitativas na fase pós-colheita devido a contaminantes, que comprometem a qualidade dos grãos e a segurança alimentar são uma realidade nacional e podem comprometer até 10% da produção de grãos brasileira. Estes contaminantes são as pragas de grãos armazenados, bactérias, fungos, micotoxinas e sujidades, que ocorrem durante o processo de armazenagem e seguem por toda a cadeia de grãos, chegando à mesa do consumidor. Desta forma, a geração de informações sobre tais contaminantes e a implantação de processos que reduzem as perdas resultantes de sua presença são fundamentais para garantia da segurança alimentar.
O fumigante fosfina (usado para o expurgo) tem sido utilizado no Brasil por mais 35 anos para o controle de insetos em cereais, sementes leguminosas, farinhas, café e cacau armazenado em sacos ou a granel. Na realidade, nos últimos 27 anos, têm sido praticamente o único fumigante utilizado no Brasil para a fumigação de grãos armazenados e sub-produtos. É também utilizado para o tratamento de unidades armazenadoras, moinhos e veículos utilizados no transporte de grãos. A facilidade e a segurança da aplicação, a quase total ausência de resíduos e a sua grande capacidade de penetração certamente contribuíram para a sua ampla aceitação, com a conseqüente diminuição do uso de outros fumigantes especialmente o brometo de metila.

Como conseqüência a este uso intensivo, a resistência da praga ao fumigante, que é uma mudança genética na praga que a faz suportar doses de fosfina cada vez mais elevadas, vem crescendo ano após ano no país. Mais grave que isto é a não existência de armazéns ou silos vedados, condição essencial para fazer um expurgo de qualidade, que garanta o controle de 100% das pragas. O expurgo dos grãos é uma necessidade que nenhum país no mundo pode negligenciar e que deve ser feito de forma correta e eficiente. Resultados de pesquisa recentes demonstraram a alta freqüência de populações resistentes a fosfina no Brasil. As falhas de controle são muito freqüentes tanto em grãos como em sementes armazenadas, e essas falhas do uso da fosfina comprometem a qualidade do produto armazenado.
Para um expurgo eficiente é necessária a existência da hermeticidade nos silos e armazéns, tanto na estrutura já instalada no país, como também passar a fabricar silos herméticos (vedados) que servem para armazenagem nas fazendas e nas grandes estruturas armazenadoras.

O Brasil tem qualidade técnica e uma grande força de trabalho para estas mudanças, basta colocá-las em prática. Não podemos deixar os compradores de nossos grãos determinarem o que há em nosso produto e dizerem o quanto ele vale. Devemos sim conhecer o nosso grão e negociar o preço justo de um produto com padrão de qualidade conhecido.


Irineu Lorini, PhD
Pesquisador Embrapa Trigo
Rodovia BR 285 km 294
Caixa Postal 451
99001-970 Passo Fundo, RS
Telefone: 54 3316 5881 Fax: 54 3316 5802
E-mail: ilorini@cnpt.embrapa.br
http://www.cnpt.embrapa.br/pesquisa/entomologia/mip

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink