Tecnologia reduz até 80% da deriva em 2,4-D e Glifosato

APLICAÇÃO

Tecnologia reduz até 80% da deriva em 2,4-D e Glifosato

Aumenta cobertura da calda sobre a folha, potencializando resistência ao vento
Por: -Leonardo Gottems
91 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

Uma nova tecnologia promete se transformar em alternativa importante para evitar o problema da deriva na aplicação de defensivos agrícolas. Trata-se do Virlom+, que aumenta o percentual de cobertura da calda sobre a superfície foliar, aumentando a capacidade da gota de resistir às forças externas como o vento, por exemplo. 

Além disso, o produto, desenvolvido pela Agrotechnica Soluções Agrícolas, uniformiza o espectro de distribuição das gotas. “O resultado é uma aplicação mais robusta e segura, garantindo o melhor aproveitamento dos defensivos agrícolas, requisito fundamental para o manejo correto de pragas e doenças”, destaca Renan Oliveira Yoshida, responsável pelas áreas de pesquisa e desenvolvimento da empresa.

De acordo com a fabricante, os resultados dos estudos de aplicações contendo a tecnologia Virlom+ mostram que é possível aumentar em até 700% a cobertura da calda sobre a superfície foliar, principalmente nas camadas inferiores da planta (baixeiro). Já o efeito antideriva, além da comprovação prática no campo, foi mensurado através de ensaios em instituições de pesquisa, em túnel de vento. “Verificamos uma redução de até 80% da deriva, numa aplicação padrão de 2,4-D + Glifosato, utilizando a dosagem comercial do adjuvante”, explica Yoshida. 

Outra propriedade verificada com o uso de Virlom+® é o maior tempo de retenção do ativo na superfície foliar, característica desejada tanto para defensivos com ação de contato, como também para os de ação sistêmica, que necessitam que o ativo permaneça na folha tempo suficiente para que a penetração nos tecidos seja efetiva. Por fim, observa-se também maior proteção dos ativos às intempéries como a chuva após a aplicação, favorecendo principalmente a ação dos defensivos de contato.

A aplicação inadequada dos defensivos agrícolas é, atualmente, um dos principais problemas enfrentados pelos produtores, causando perdas não apenas pelos resultados obtidos, mas também pelo aumento do custo de produção. O desenvolvimento da Tecnologia de Aplicação como uma ciência aplicada tem ajudado os profissionais envolvidos nas decisões relacionadas às melhores práticas para o uso tanto de herbicidas, como fungicidas e inseticidas nas lavouras. 

Entretanto, como aponta Yoshida, “ainda há um longo caminho a seguir, com espaço para o surgimento de novas metodologias, equipamentos e produtos que possam proporcionar ganhos ao agricultor”. Entre os principais problemas enfrentados pelos produtores, a deriva e a baixa cobertura das aplicações merecem destaque, pois afetam diretamente o controle fitossanitário de forma negativa, causando perdas que podem chegar até 40% do potencial produtivo da cultura. Além disso, a subdose pode gerar um ambiente propício para a resistência dos microrganismos patogênicos aos defensivos utilizados atualmente, gerando prejuízos incalculáveis para a agricultura. 

De acordo com a Agrotechnica, o Virlom+ pode ser posicionado tanto nas aplicações com herbicidas, onde o foco é minimizar a deriva e consequentemente potenciais danos provocados em áreas vizinhas, como nas aplicações de fungicidas e inseticidas onde, além da deriva, deseja-se maior uniformidade da aplicação e aumento de cobertura, especialmente nos estádios vegetativos mais avançados, onde normalmente há baixa taxa de penetração das gotas no baixeiro. 

Outras características do produto são a baixa reatividade dos componentes da formulação e a não interferência no pH da calda, que garantem compatibilidade com a maioria dos defensivos agrícolas e fertilizantes foliares encontrados no mercado. Todavia, sempre se recomenda teste prévio de compatibilidade de produtos em um pequeno volume de calda, antes da formulação final. O Virlom+ faz parte do programa Aplique Mais, composta por um blend de tensoativos e aditivos específicos.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink