Ausência da China baixa preços da soja

COTAÇÕES

Ausência da China baixa preços da soja

"No interior o preço subiu"
Por: -Leonardo Gottems
3 acessos

As altas do dólar e também das cotações na Bolsa de Chicago acabaram sendo anuladas pela ausência da China no mercado da soja, baixando os preços da oleaginosa no Brasil, segundo informações divulgadas pela T&F Consultoria Agroeconômica. De acordo com a pesquisa diária do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea),  no acumulado do mês, os preços médios já subiram 1,82% nos portos e 1,34% no interior. 

“A alta de 0,29% do dólar no Brasil, somada à alta de 1,09% da cotação da soja em Chicago não suplantaram a ausência da China nesta quinta-feira, fazendo com  que  os  preços oferecidos pelos  compradores  sobre  rodas  nos  portos do  sul  do Brasil  ou seus  equivalentes em  outros estados, tivessem queda de 0,37% para a média de R$ 88,97/saca, contra R$ 89,30/saca, do dia útil anterior. No interior o preço subiu, com alta de 0,54%, para R$ 83,25/saca, contra R$ 82,80 do dia anterior”, informa a consultoria. 

Para a T&F, isso ocorre, principalmente, porque os compradores provavelmente aguardando novidades nas negociações entre China e os Estados Unidos, com a finalidade de amenizar os efeitos da disputa comercial travada entre os dois países. “Ministro do Comercio chinês disse que a fase 1 das negociações incluirá o retorno de algumas tarifas aos patamares pré-guerra comercial. Pouco tempo depois a administração americana confirmou a informação”, indica. 

“No mercado físico do Rio Grande do Sul os preços reportados subiram novamente, ficando, na média, em R$ 90,00, spot, no porto. Mas, em Passo Fundo os preços reportados recuaram para R$ 85,50, spot, e em Ijuí os preços se mantiveram em R$ 85,50.  No Paraná, preços reportados caíram para R$ 83,00, spot, na região de Ponta Grossa e permaneceram em R$ 83,00, futuro, também em Ponta Grossa. No porto os preços reportados, para dezembro, subiram para R$ 90,00”, completa. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink