CEBOLA/CEPEA: baixa oferta impulsiona cotações

Cebola

CEBOLA/CEPEA: baixa oferta impulsiona cotações

O preço ao produtor teve média de R$ 1,58, aumento de 26%
Por:
5 acessos

As cotações da cebola subiram em Irecê (BA), devido à queda na oferta da região. Nas roças baianas, a qualidade da cebola é variada, já que parte dos bulbos ainda estão atingidos por bacterioses. A previsão é de redução significativa da oferta no Nordeste nas próximas semanas, visto o considerável índice de descarte das mercadorias colhidas nos períodos anteriores.

Nesse cenário, entre 3 e 7 de junho, o preço ao produtor teve média de R$ 1,58, aumento de 26% frente à semana anterior. No Vale do São Francisco, por sua vez, o volume também é baixo, além do fato de grande parte das cebolas ser de calibre menor (caixa 2). As duas regiões devem continuar ofertando até meados de julho, com disponibilidade bastante reduzida.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink