Confira como está o mercado brasileiro de milho
CI
PREÇOS

Confira como está o mercado brasileiro de milho

Em Santa Catarina, foram vistos negócios no interior a R$ 82,00 e o porto permanece parado
Por: -Leonardo Gottems

No estado do Rio Grande do Sul, as pedidas do produtor permanecem altas, com grande parte da indústria buscando lotes para abril, segundo informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “A impressão de nossos correspondentes para o Estado foi de um dia bastante lento para negócios, com exceções pontuais. Uma grande compradora esteve procurando lotes a R$ 84,00 a R$ 85,00 para entrega abril e interior girando em patamares de R$ 81,00 a R$ 82,00 para fevereiro e março”, comenta. 

Em Santa Catarina, foram vistos negócios no interior a R$ 82,00 e o porto permanece parado. “Os negócios de milho no interior do Estado e não houve movimentações no porto.  Ao  menos  um  negócio  reportado  a  R$  82,00  CIF Papanduva, com o volume de 1.000 tons. No  oeste  vendedores  a  R$  84,00  contra  R$  82,00  de compradores. Os  compradores  no  porto  de  Imbituba  permanecem buscando  ofertas  CIF  a  R$  81,00,  porém  não  houve relatos de negócios”, completa. 

Já o estado do Paraná tem Campos Gerais e Norte vendendo a R$ 80,00. “As  movimentações  no  Estado  do  Paraná  hoje  foram pontuais com destino a  pequenas fábricas  de suínos e aves.  O  dia  de  negociações  não  apresentou  volumes expressivos ou remessas de milho ao porto, no qual as tradings  se  mantiveram,  em  sua  maioria,  sem indicações”, indica. 

Além disso,  lentos e fretes subindo na ordem de 27% se destacam no Mato Grosso do Sul. “O milho apresentou pouquíssimos movimentos no dia de hoje no Mato Grosso do Sul e os relatos de parceiros da T&F consultoria são de lotes pequenos – 300 a 600 toneladas, no máximo – com movimentos no interior do Estado, não  alcançando  outros  mercados,  como  do  Paraná, Santa Catarina ou mesmo os portos”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink