Soja segue despencando no Sul: CONFIRA
CI
COTAÇÕES

Soja segue despencando no Sul: CONFIRA

Os preços seguem caindo também no Paraná, sem nada de negócios
Por: -Leonardo Gottems

No estado do Rio Grande do Sul, os preços da soja recuaram em até R$ 6,00/saca, sem nada de negócios, de acordo com informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. “Mercado seguiu caindo nesta quarta-feira, refletindo a saída de posição de fundos, sobre as commodities e buscando abrigo em outros ativos. Prêmios também cederam diante do risco de um aumento de tensões entre China e EUA. Com isso, os preços recuaram em cerca de R$ 6,00/saca para porto no espaço de 2 dias, outras regiões recuaram muito mais. Assim, nada foi feito em negócios. Estima-se que 99% de toda a safra já tenha sido colhida”, comenta.

“Começando por Ijuí que anteriormente havia caído mais rapidamente, hoje marcou manutenção, permanecendo em R$ 190,00. Cruz Alta caiu de forma expressiva em R$ 3,00/saca e foi a R$ 191,50. Passo fundo caiu menos ao marcar perda de R$ 1,00/saca e ir a R$ 189. Santa Rosa, por fim, marcou queda de R$ 3,00/saca e foi a R$ 192,00”, completa.

Santa Catarina tem dia de recuos e poucos negócios. “Da mesma forma como visto no RS, Santa Catarina não marcou bons movimentos hoje, mantendo-se em dinâmica de perdas mesmo nas máximas do dia. Embora tenha ocorrido esta queda, alguns volumes foram negociados, cerca de 500 toneladas saíram a R$ 196,50. A desvalorização no porto de São Francisco do Sul foi de R$ 4,50/saca, levando o preço a R$ 196,50”, indica.

Os preços seguem caindo também no Paraná, sem nada de negócios. “Paraná passa por um dia de perdas, assim como as demais regiões deste relatório. Chicago marcou expressivos impactos nos preços hoje ao cair 2,05% para grão, 0,77% para farelo e 3,37% para óleo. Hoje, ao contrário de ontem, o dólar marcou positividade, indo a R$ 5,1771 ao se valorizar em outros 0,45%. A preocupação com a situação chinesa segue sendo o maior problema enfrentado no mercado internacional”, informa.

“O interior, começando por Ponta Grossa, marcou perda de R$ 2,00/saca, preço a R$ 192,00. Cascavel e Maringá marcaram perdas de R$ 3,00/saca e irem a R$ 174,00. Pato Branco marcou perda de R$ 4,00 ao ir a R$ 173,00”, conclui.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.