Como está o milho no Brasil?
CI
Imagem: Nadia Borges
MERCADO

Como está o milho no Brasil?

Com a escassez de ofertas em Santa Catarina, as pedidas subiram
Por: -Leonardo Gottems

No estado do Rio Grande do Sul, o foco na soja deixa o mercado de milho lento, com vendedores a R$ 95,00 a saca, de acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “Com o foco nos trabalhos de campo da soja, foram poucos os produtores que colocam lotes de milho à disposição hoje no mercado. Conforme relatamos ontem, a venda está bem avançada, em cerca de 60%, quase em linha com a colheita, que pelas estimativas encontra-se em 70% até o momento”, comenta a consultoria. 

“Houve ofertas das mais diversas, sendo que uma média se encontra em torno de R$ 92,00 FOB nas regiões, mas que chegam a até R$ 95,00 a saca. Em Passo Fundo, negócios foram realizados a R$ 90,00 no FOB, e em Santa Maria a R$ 91,00 com pagamento curtíssimo. Ademais, compradores no mercado disponível pagam até R$ 90,00 no CIF e compradores em Erechim e Tapejara dispõe-se a pagar até R$ 93,00 em uma entrega maio com vencimento para 30 dias”, completa. 

Com a escassez de ofertas em Santa Catarina, as pedidas subiram para a faixa entre R$ 97-102,00/saca. “Ao que tudo indica, houve um grande movimento nos negócios de milho em Santa Catarina hoje, com destaques às mesorregiões que mais consomem no Estado, Oeste e Meio-Oeste. Por ali, ofertas estiveram em um nível de R$ 97,00 FOB até R$ 102,00 mais ICMS. Para garantir os lotes, compradores tiveram que pagar preços de até R$ 3,00 a saca acima do que foi visto no dia de ontem”, indica. 

O Paraná tem o movimento lento no mercado. “Uma coisa é fato: salvo algum engano e negócios com pagamentos curtíssimos, já não se encontram mais lotes abaixo de R$ 95,00 no Estado, e há produtores que já dizem não ‘abrir mão’, dos R$ 100,00; ora por estarem capitalizados, ora por perceberem as recentes altas e cogitarem o melhor negócio possível em seus lotes”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink