Confira os preços do milho no País
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,200 (0,72%)
| Dólar (compra) R$ 5,63 (0,59%)

Imagem: Marcel Oliveira

COTAÇÕES

Confira os preços do milho no País

Em Santa Catarina, o preço subiu mais R$ 3,50/saca
Por: -Leonardo Gottems
460 acessos

De acordo com a TF Agroeconômica, no estado do Rio Grande do Sul, os preços do milho mantiveram as altas do dia anterior a R$ 70,50 em Santa Rosa, R$ 70,00 em Ijuí, R$ 70,00 em Ibirubá e R$ 69,00 em Cachoeira do Sul. “Nas demais localidades do estado oscilou entre R$ 61,00 e R$ 68,00/saca. Negócios na maioria das praças os preços subiram mais dois reais/saca para R$ 70,00/saca para outubro, um pouco acima do preço médio do milho comprado no Mato Grosso do Sul”, comenta. 

Em Santa Catarina, o preço subiu mais R$ 3,50/saca. “Os preços médios do milho subiram mais um real/saca para R$ 71,50 nas praças de Concórdia e Joaçaba. Em Mafra o preço subiu levemente para R$ 66,50. No Alto Vale do Itajaí os preços subiram R$ 3,50 para R$ 73,50/saca, e R$ 71,00 em Campos Novos”, completa. 

No Paraná, os preços subiram em média mais um real/saca para R$ 67,00. “No mercado de balcão os produtores paranaenses os preços ficaram entre R$ 55,00 e R$ 57,00 como mostra nossa tabela 1, acima.  Já no mercado de lotes, os compradores estão elevando os preços na tentativa de estimulas as vendas dos agricultores. Nos Campos Gerais, região de Ponta Grossa, mercado de lotes spot subiu mais um real/saca para R$ 67,00 posto fábricas e R$ 64,00 para entrega em outubro e pagamento em novembro”, informa. 

No Mato Grosso do Sul, os preços recuaram em São Gabriel do Oeste para R$ 60,00/saca. “Os preços do milho no Mato Grosso do Sul, principal fornecedor para os estados do RS, SC e SP, subiram para R$ 63,00 em Caarapó, subiram para R$ 64,50 em Campo Grande, subiram R$ 1,00 para R$ 61,30 em Chapadão do Sul, subiram mais R$ 1,00 para R$ 61,00 em Dourados, subiam para R$ 61,50 em Maracajú, recuaram para R$ 60,00 em São Gabriel do Oeste e R$ 60,20 em Sidrolândia”, conclui. 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink