Infocafé de 08/01/19

Infocafé

Infocafé de 08/01/19

A Bolsa de N.Y. finalizou a terça-feira em alta
Por:
1 acessos

A Bolsa de N.Y. finalizou a terça-feira em alta, com mercado interno um pouco mais procurado. A posição março oscilou entre a mínima de -0,40 pontos e a máxima de +3,30 pts, e fechou com +2,30 pts.

O dólar comercial fechou em queda de 0,5%, a R$ 3,7160 na venda. O mercado acompanhou o cenário político local, após notícias de que a proposta de reforma da Previdência elaborada pelo governo pode trazer uma regra de transição mais dura que a proposta pelo governo anterior, o que representaria uma maior economia de gastos. Após reunião ministerial com o presidente Jair Bolsonaro, o ministro do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), general Augusto Heleno, afirmou que a reforma continua em estudo, com foco em "idades mínimas viáveis" para que a proposta seja aprovada no Congresso Nacional. Investidores também estavam atentos ao encontro de representantes dos Estados Unidos e da China, na tentativa de costurar um acordo que dê fim à guerra comercial entre os dois países que ameaça uma desaceleração econômica global. Um membro da delegação dos EUA na China disse que as negociações têm evoluído bem.

As exportações brasileiras de café em grão em janeiro, até o dia 06, com 03 dias úteis contabilizados, foram de 453.700 sacas de 60 quilos, com receita de US$ 63,7 milhões e um preço médio de US$ 140,50 por saca. Como comparação, em dezembro de 2018 as exportações brasileiras de café em grão totalizaram 4,099 milhões de sacas, e alcançaram 2,618 milhões de sacas em janeiro de 2018. A receita média diária obtida com as exportações de café em grão foi de US$ 23,510 milhões na primeira semana de janeiro (01 a 06). A média diária até agora no mês é 22,1% menor no comparativo com a média diária de dezembro de 2018, que foi de US$ 30,198 milhões. Em relação a janeiro de 2018, quando a média diária dos embarques totais de café atingira US$ 20,279 milhões, a receita média de exportações de café de janeiro/2018 até agora é 15,9% maior, conforme os dados acumulados até o dia 06. As informações partem da Secretaria de Comércio Exterior (Secex).  

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink