Por preço, produtores de etanol pensam na venda de milho
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
MERCADO INTERNACIONAL

Por preço, produtores de etanol pensam na venda de milho

O mercado da Coreia do Sul relatou uma breve onda de interesse
Por: -Leonardo Gottems

“Na América do Sul, fontes baseadas no Brasil relataram sinais de que os preços domésticos estavam começando a tentar os produtores de etanol de milho a vender seus estoques à medida que buscavam lucrar com o preço alto e a oferta restrita”, de acordo com o que informou a TF Agroeconômica. 

Enquanto isso, na Argentina, alguns exportadores devem enfrentar pressão para vender volumes nos próximos dias, levando algumas fontes a esperar que a pressão venha para a base de Up River. “No entanto, outras fontes apontaram para uma colheita lenta do milho e para o fato de que as atenções dos agricultores provavelmente se dividirão entre o milho e o início da colheita da soja. Enquanto isso, os prêmios de base FOB Up River da Argentina se firmaram durante o dia em meio a ofertas mais altas de 85 centavos em relação a setembro para carregamento em agosto. Isso veio junto com um aumento nos valores de base FOB Santos no Brasil nos últimos dias, com o aumento das ofertas e lances para carregamento em julho e agosto”, completou a consultoria. 

O mercado da Coreia do Sul relatou uma breve onda de interesse após a notícia de um relaxamento nas tarifas de importação, mas a mudança provavelmente terá como alvo as importações de produtos alimentícios não transgênicos. “Enquanto isso, no Vietnã, as ofertas para o carregamento de cargas em maio entregues nos portos do sul do país foram ouvidas em US$ 300,60/t, enquanto julho foi ouvido por US$ 283,10/t”, indicou. 

“No Mar Negro, o mercado ucraniano de milho permaneceu calmo na quarta-feira, com as ofertas nos mesmos níveis da noite. Alguma demanda spot foi reportada novamente do Egito, com ofertas em torno de US$ 276/t CFR contra ofertas de cerca de US$ 280/t.] “Não é muito competitivo, mas às vezes é adequado para demanda spot ou para chegada rápida”, disse um corretor sobre o potencial da Ucrânia como ponto de abastecimento do Egito”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink