MS: exportação de fécula de mandioca passa de 22 mil toneladas em 2022
CI
Imagem: Divulgação
MERCADO AGROPECUÁRIO

MS: exportação de fécula de mandioca passa de 22 mil toneladas em 2022

Produtores Rurais atendidos pelo AgroBR conquistam novos mercados para seus produtos através da exportação
Por:

Nos primeiros cinco meses de 2022, os produtores rurais atendidos pelo programa AgroBR, parceria da CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil) e da Apex Brasil com apoio da Famasul, já exportaram mais de 22 mil toneladas de fécula de mandioca, totalizando US$ 15,9 milhões. Este é o assunto do #MercadoAgropecuário desta segunda-feira (20). 

“Através do suporte do AgroBR, tanto empresa de fécula de mandioca como a de semente de pastagem fecharam negócios e por isso, são dois setores que se destacam, pois, possuem uma boa participação na pauta exportadora do estado", explica a consultora do AgroBR em Mato Grosso do Sul, Nathalia Alves. 

AgroBR – O foco do programa é incluir novos produtos do agro (não commodities) na pauta exportadora brasileira e, por isso, alguns setores foram selecionados como prioritários para o trabalho, como é o caso de pescados, mel e derivados, frutas, cafés (especiais), lácteos, entre outros. 

Outros produtos, apesar de não participarem com grandes porcentagens na exportação de Mato Grosso do Sul, têm aumentado sua presença na pauta do estado, como é o caso da melancia, da erva mate e da farinha de mandioca. 

“O mesmo ocorre para café torrado, molhos e doces. É importante ressaltar que existe uma grande oportunidade para comercialização com os países que fazem fronteira com o nosso estado, Bolívia e Paraguai, que já possuem tradição em comprar produtos brasileiros, têm uma maior facilidade para entrada de produtos (se comparado com outros mercados como Estados Unidos e União Europeia), além da proximidade logística e cultural que facilita as negociações. Tanto é verdade que se observou que os destinos de exportação dos produtos anteriormente citados foram para o Paraguai e a Bolívia. Portugal também participou da pauta com alguns desses produtos, embora os valores ainda não sejam tão representativos", destaca a consultora. 

Para vender no mercado externo a empresa precisará providenciar suas habilitações para exportação e atentar às exigências do país alvo, pontos que podem ser orientados e acompanhados através da consultoria do AgroBR que é gratuita.  

Exportações – Entre janeiro e abril de 2022, o agronegócio do Estado exportou US$ 2,4 bilhões. De acordo com o Ministério da Economia, o valor é 25,12% superior em comparação ao mesmo período do ano anterior. 

No ranking dos principais produtos comercializados estão a soja em grãos, com 41,25% de participação na receita; a celulose, com 18,07%; seguida da carne bovina, responsável por 15,11% do total. 

A China é o maior destino das mercadorias comercializadas por Mato Grosso do Sul, aproximadamente 50% de tudo que é exportado pelo agro é destinado ao país. Seguido pelos Estados Unidos, com 5,24% da receita; e os Países Baixos com 5,25%. 

Para saber mais sobre o AgroBR acesse aqui.

Mercado Agropecuário – O Sistema Famasul divulga todas as semanas uma matéria sobre o andamento das principais cadeias produtivas de Mato Grosso do Sul. Acompanhe! Conheça também: Educação no Campo e Transformando Vidas.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink


Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.