Aedes aegypti: inseticidas, mecanismos de ação e resistência

Agronegócio

Aedes aegypti: inseticidas, mecanismos de ação e resistência

Aedes aegypti: inseticidas, mecanismos de ação e resistência
Por:
451 acessos

No Brasil, o Aedes aegypti é responsável pela transmissão de dengue e o Aedes albopictus, potencial vetor, está se disseminando no país. O uso de inseticidas químicos ainda é o principal componente de controle do vetor. A ação das principais classes dos compostos tradicionalmente usados em Saúde Pública é descrita, assim como os mecanismos de resistência selecionados pelas populações do vetor. Produtos alternativos, com potencial de utilização no controle do A. aegypti, incluindo o biolarvicida Bti e alguns reguladores do desenvolvimento de insetos, também são discutidos. Pretende-se contribuir com o uso racional de inseticidas, considerando os diferentes componentes do controle integrado.

Veja o artigo na integra clicando aqui.

 

Autores: Ima Aparecida Braga, Denise Valle


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink