Emater aponta colheita de 10% da área de trigo no RS

Colheita

Emater aponta colheita de 10% da área de trigo no RS

Produtividade média obtida é de 2.900 quilos por hectare
Por:
426 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

O Rio Grande do Sul tem nesta semana 10% da área de trigo colhida, segundo a Emater. A produtividade média obtida é de 2.900 quilos por hectare e a qualidade, de regular a boa. "As chuvas recorrentes e os dias nublados trazem apreensão aos produtores, que receiam perdas em qualidade do produto com a maior exposição do grão em maturação à umidade ambiente", diz a Emater em relatório. "Essas condições também têm provocado a ocorrência de giberela e brusone, doenças que tendem a diminuir a produtividade das lavouras e a depreciar a qualidade dos grãos colhidos."

Quanto ao plantio da safra verão 2018/19, a empresa informou que as lavouras de milho ocupam 55% da área prevista no Estado. "Atualmente, 98% das lavouras estão em desenvolvimento vegetativo e 2% entrando na fase inicial de floração. No geral, as lavouras expressam bom estado fitossanitário e bom desenvolvimento vegetativo, com as plantas apresentando tonalidade verde escuro e atingindo porte considerado satisfatório."

Já a semeadura da soja é mais lenta, por causa das chuvas no norte gaúcho. "Mesmo assim, cerca de 60 mil hectares já estão plantados, principalmente nas Missões e no Noroeste. A expectativa é de que a prática se intensifique na última semana de outubro e no início de novembro."

O plantio do arroz está favorecido no centro e oeste do Estado, onde choveu menos. As lavouras do cereal ocupam 25% da área estimada, ante 28% da média para o período.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink