Desempenho do frango (vivo e abatido) na 25ª semana de 2022, quarta do mês de junho
CI
Imagem: Pixabay
PECUÁRIA

Desempenho do frango (vivo e abatido) na 25ª semana de 2022, quarta do mês de junho

O frango abatido permaneceu com os preços estáveis por pouquíssimos dias
Por:

Depois de atingir o pico de preços do mês ao final da primeira quinzena, o frango abatido permaneceu com os preços estáveis por pouquíssimos dias, entrando naquela típica fase de baixas do mês mal iniciada a quarta semana de junho, 25ª de 2022 (19 a 25, cinco dias de negócios). Chegou ao final desse período (dia 24) comercializado por, em média, R$7,20/kg – mesmo valor que havia alcançado em 13 de junho e que representou queda de, praticamente, 2% sobre a cotação registrada uma semana antes. À primeira vista, pode equivaler a um ponto de estabilização, sem maiores quedas nestes quatro últimos dias úteis de junho.

Se isso se confirmar, o frango abatido estará encerrando o primeiro semestre de 2022 com um preço médio mensal próximo de R$7,10/kg, até aqui a segunda melhor cotação do corrente exercício. Representando valorização de mais de 3% sobre o mês anterior, esse valor estará cerca de 8,7% acima da média registrada um ano atrás, em junho de 2021, índice que, praticamente, coincide com a valorização anual do frango vivo.

Mas a coincidência cessa aí. Porque o frango vivo vai completando a primeira metade de 2022 com a menor cotação dos últimos três meses e meio. Além disso, no último sábado (25) completou exatas seis semanas (42 dias) sem experimentar qualquer valorização no preço, que permanece inalterado em R$6,00/kg.

Essa é, aparentemente, uma tendência de difícil alteração. Porque os abatedouros, na sua maioria integrações, têm se servido minimamente do mercado independente. E quando o fazem, negociam sobretudo entre si, o que torna as negociações com o setor independente um mercado quase marginal. A impressão é a de que – como já ocorre no Sul do País – a criação e o comércio do frango vivo, pelo menos em São Paulo, está chegando ao fim.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink


Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.