RS é o 3º maior exportador de ovos do Brasil
CI
Imagem: Pixabay
CRESCIMENTO

RS é o 3º maior exportador de ovos do Brasil

O segmento da Indústria e Produção de Ovos avança nas Exportações
Por: -Aline Merladete

A escalada da exportação de ovos no primeiro semestre do ano colocou o Rio Grande do Sul como o 3º exportador do Brasil, seguindo Mato Grosso, 1º lugar, e Minas Gerais na 2ª posição. O RS fechou os cinco primeiros meses com 979 toneladas exportadas de ovos, aumento de 75,3% sobre igual período do ano passado, quando o estado enviou para o exterior 559 toneladas de ovos. A receita seguiu a linha de evolução, passando de US$ 1,3 milhões fechados no ano passado para US$ 3 milhões apurados neste ano, 124,1% de aumento entre os dois períodos. Esse volume representa 15,7% do total nas vendas para o exterior e 27,1% nas receitas totais do país na atividade. No mês de maio, o volume embarcado pelo Estado fechou em 303,7 toneladas, 123,1% sobre maio do ano passado, que ficou em 136,1 toneladas. O faturamento entre os meses de maio de 2022 comparado com maio de 2021 aumentou em 220,6%, passando de US$ 378,5 mil para US$ 1,2 milhão.

Segundo a Organização Avícola do Estado do Rio Grande do Sul (Asgav/Sipargs), a empresa Naturovos impulsionou o desempenho no mercado externo como uma das maiores produtoras de ovos do Brasil e uma grande força no exterior, dedicando boa parte de sua produção para exportação. A empresa possui uma linha completa de ovos brancos e vermelhos, líquidos e em pó. Com esse avanço internacional, o RS atinge os seguintes mercados: Ásia, América do Norte, América do Sul, Oceania e União Europeia.

O presidente executivo da OARS, José Eduardo dos Santos, destaca a atuação da Naturovos, empresa de alimentos fundada em 1966, localizada em Salvador do Sul. “Uma empresa consolidada, moderna e pujante que, por meio do seu trabalho, está colaborando com a economia do Estado”, ressalta. Segundo o diretor de mercado da empresa, Anderson Herbert, “focar nas exportações tem sido uma das alternativas do setor para enfrentar a pressão dos custos do mercado interno e manter a competitividade da empresa”, afirma.

Brasil registra crescimento de 21% na exportação

No período de janeiro a maio do corrente, o Brasil exportou 6,1 mil toneladas de ovos, aumento de 21,1% sobre igual período do ano passado, quando o país enviou para o exterior 5,1 mil toneladas de ovos.

A receita, consequentemente, passou de US$ 7 milhões fechados no ano anterior para US$ 11,1 milhões neste ano no mesmo período, 59,3% de alta. No mês de maio, o volume embarcado fechou em 628 toneladas, 33,5% sobre maio do ano passado, que ficou em 470 toneladas. O faturamento entre os meses de maio de 2022 comparado com maio de 2021 aumentou em 138,6%, passando de US$ 797 mil para US$ 1,9 milhão.

Fonte: Comunicação ASGAV/SIPARGS com informações da ABPA


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink


Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.