26ª SEMANA NACIONAL DO CAVALO CAMPOLINA

Os criadores e apreciadores do cavalo símbolo de conforto, docilidade, funcionalidade e elegância, já se preparam para a 26ª Semana Nacional do Cavalo Campolina, a maior do país, que acontece de 4 a 9 de setembro, no Parque da Gameleira, em Belo Horizonte (MG). A Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Campolina (ABCCCampolina) espera reunir cerca de 500 animais de criadores de todas as regiões do Brasil, entre os inscritos para julgamentos, provas de marcha, funcionais e leilões no evento

Atualmente, o mercado de criação de cavalos no Brasil movimenta R$ 7,3 bilhões por ano, segundo dados da Confederação Nacional da Agricultura (CNA). Nosso país possui o terceiro maior rebanho eqüino do mundo, com 5,9 milhões de cabeças, perdendo apenas para o México e China. Segundo a ABCCCampolina cerca de 1.390 criadores associados reúnem o plantel da raça. Atualmente está sendo feita uma pesquisa junto aos associados, cujo resultado parcial aponta a existência de 10 mil animais em reprodução.

Atrações

No Parque da Gameleira, além dos julgamentos (de morfologia e andamento) e concursos de marcha que acontecem diariamente, haverá uma variada programação social, técnica e funcional, agendada para o dia 07/09. As atrações serão os concursos e as provas funcionais de “Apartação”, “Maneabilidade” e “Adestramento” que acontecem na pista de areia com dimensões oficiais e iluminação noturna.

Os concursos apresentarão modalidades que somente a raça campolina utiliza em suas exposições. Entre eles, destacam-se os concursos de “Velocidade de Marcha” que neste ano contará com a modalidade Velocidade no Conforto, em que o competidor portará na mão uma bandeja com quatro copos de chopp. Neste concurso ganha o competidor que derramar menos líquido, comprovando a comodidade do andamento dos animais. Esta prova foi instituída para mostrar ao público a qualidade da marcha do cavalo campolina, reconhecida pelos seus tríplices apoios que proporcionam conforto ao cavaleiro.

Também chamarão a atenção do público os concursos de “Comodidade de Marcha” e “Musicalidade da Marcha”, quando será analisada e julgada a sonoridade das batidas do casco em contato com o solo enquanto o cavalo marcha, e ainda, o concurso de “Trajes Típicos do século XIX” e o Cavalo mais Bonito.

As atividades da Semana Nacional do Cavalo Campolina contemplam os criadores, os cavaleiros e toda a família dos apaixonados pela raça. A “Copa Brilhante de Marcha”, por exemplo, é uma categoria feminina que terá a participação das criadoras, esposas de cavaleiros, filhas, namoradas e amigas dos criadores, com idade a partir de 16 anos. As crianças também contam com provas na categoria infantil (até 15 anos), com prêmios em dinheiro e concursos de marcha. Na categoria masculina estão programados as copas de marcha Infantil, Rouge, Cowboy, e Coronéis.


Negócios

Além do congraçamento entre os presentes, a Semana Nacional do Cavalo Campolina terá espaço para a realização de negócios. Haverá a comercialização de selas, feno, entre outros produtos relacionados à eqüinocultura, assim como os tradicionais leilões.

Boas opções de compra serão ofertadas durante o Leilão de Cavalos de Sela e Lazer. Cerca de 20 animais, entre cavalos castrados e éguas registrados, prontos para a montaria serão disponibilizados para o usuário que vê no contato com o animal uma forma de diversão através do contato com a natureza. Marcado para acontecer no dia 07/09, às 16 hs, a expectativa dos organizadores é a de que este leilão movimente em torno de R$ 80.000,00.

No dia 08/09, às 20 hs, será realizado o Leilão de Ouro, que neste ano ficará a cargo do Haras Hibipeba/RJ e será uma excelente opção para os criadores que desejam adquirir os melhores exemplares da raça de todo o país. Serão 35 lotes de doadoras, potros e potras de pista, além de 10 embriões das principais doadoras da raça. Um dos destaques deste leilão será a venda de 50% (cinqüenta por cento) da matriz número um da raça, a égua Taça de Sans Souci. Outros lotes como Hamon da Hibipeba, Dríade da Hibipeba e Desenho da Hibipeba prometem ser os mais disputados do leilão. A estimativa de movimentação financeira é de R$ 1,3 milhão.

Já o Leilão de Coberturas ocorrerá durante os todos os dias do evento em um estande montado no Parque da Gameleira. Neste local estarão disponíveis cerca de 20 lotes cedidos por criadores que estarão disponíveis para os lances que serão coletados ao longo da semana e o resultado será divulgado ao final do evento. A renda será revertida para o marketing e a divulgação da raça Campolina. Uma ficha conterá informações como a genealogia do animal, seus campeonatos de progênies, campeonatos de marcha e morfologia. Serão ofertadas coberturas de alguns dos principais garanhões da raça como Absoluto do Campo Novo, Prelúdio da Fronteira, Minuano da Ranhosa, Luter do Estoril, entre outros. A estimativa de faturamento é de R$ 40.000,00.

Cavalgada Histórica

No final de semana que antecede ao evento acontecerá a tradicional Cavalgada Histórica Campolina, realizada há 26 anos, cujo percurso será por fazendas e haras precursores na criação da raça campolina em Minas Gerais. No dia 01 de setembro, cerca de 80 cavaleiros e cavalos Campolina partem da cidade de Entre Rios de Minas, região berço da raça, rumo a Tiradentes numa missão que tem como premissa básica o lazer e o entrosamento entre os seus integrantes.

Os conjuntos - cavalo e cavaleiro- terão que enfrentar cerca de 90 km de trajeto em companhia do sol e das sinuosas trilhas nas montanhas da região do Campo das Vertentes, porém, em compensação, terão como cenário as belas paisagens da região. O grande desafio é completar o percurso em boas condições, tanto para o cavalo quanto para o cavaleiro, e contribuir para incentivar a auto-suficiência das comitivas, a exemplo dos antigos tropeiros que levavam no lombo dos animais sua alimentação, tendas e produtos a serem vendidos ou trocados.

Informações Gerais

  • 04/09/2006 à 09/09/2006
  • MG - Belo Horizonte
    Av. Amazonas, 6020 - Gameleira
  • Website do Evento
  • Gratuíto

Localização do Evento