4º Simpósio Nacional do Milho

A cadeia produtiva do milho tem encontro marcado em Brasília, dia 24 de maio, para debater os desafios, oportunidades e a sustentabilidade do setor, durante o IV Simpósio Nacional do Milho, promovido pela Associação Brasileira das Indústrias do Milho – Abimilho. O evento será aberto oficialmente pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Reinhold Stephanes. O simpósio será realizado no Hotel Blue Tree Park.

A quarta edição do encontro vai discutir as oportunidades de mercados como o etanol, inovação, evolução e os entraves da cadeia do milho, reunindo técnicos, consultores, cooperativas, empresários, e dirigentes de entidades.

A data escolhida para o evento marca a comemoração dos 30 anos da Associação Brasileira das Indústrias de Milho (Abimilho), que tem contribuído para promover a atualização tecnológica do setor, estimular o aumento do consumo humano do cereal e defender os interesses das indústrias de processamento.

Alimento rico em qualidades nutricionais
O consumo de milho é uma das mais eficientes formas para corrigir o problema de desnutrição, que acomete grande parcela da população brasileira. O produto tem elevado valor energético – cada cem gramas do milho em grão contêm cerca de 360 kcal, o que representa 20% da necessidade calórica de um adulto, em torno de 2.100 kcal diárias. O alimento ainda é rico em vitaminas, sais minerais e sua farinha tem valor protéico equivalente ao da farinha de trigo.

Abimilho
As empresas que integram a Abimilho movimentam cerca de R$ 1,5 bilhão por ano, processam 10% da produção nacional do cereal, e respondem por 3.350 empregos diretos e outros 30 mil indiretos. Os principais produtos processados pela indústria do milho são canjicas, farinhas, flocos, farinhas pré-cozidas, óleo refinado, amido, xaropes de glucose e dextrose, além de derivados de uso industrial.

Informações Gerais

Localização do Evento