Bienal dos Negócios da Agricultura

Bienal dos Negócios da Agricultura vai apontar novos rumos do setor ao produtor rural

Uma certeza: terra, trabalho e capital são insuficientes para garantir o desempenho da agricultura brasileira no atual cenário sócio-econômico mundial.
Um desafio: superar a revolução gerencial a partir de uma visão estratégica de planejamento da produção, definindo novas ferramentas de comercialização e oportunidades de mercado, considerando fatores restritivos como as questões sócio-ambientais e os problemas de logística para escoamento da safra.

Em função desta realidade a Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) e Senar/MT, a Fundação Mato Grosso e o Sebrae/MT , promovem a Bienal dos Negócios da Agricultura, de 24 a 26 de agosto de 2005, no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá, Mato Grosso. O lançamento oficial do evento acontece hoje (20/04), às 18h30, na tenda central do Agrishow Cerrado, em Rondonópolis (220 km de Cuiabá).

O presidente da Famato, Homero Pereira, analisa que de produtor de alimentos, o agricultor transformou-se em produtor de commodities, mercadoria com padrão internacional de comercialização num mercado altamente competitivo. No Brasil, Mato Grosso é o maior produtor de soja, algodão e ocupa a quinta colocação na produção de milho do país (é o primeiro do Centro-Oeste), culturas que estão entre as principais commodities no mercado internacional. """"O principal questionamento do produtor rural, hoje em dia, vai muito além de o que e como produzir. A agricultura é vista como elo de um novo modelo, e é definida como agronegócio"""", constata Pereira. Ele ressalta que, ainda que o setor tenha incorporado tecnologia, o mercado já não dá suporte à rentabilidade da atividade agrícola. """"Precisamos agregar valor à produção e, isso irá exigir do produtor rural o estabelecimento de alianças estratégicas, o cooperativismo, o associativismo e a formação de consórcios.

Neste contexto, a Bienal de Negócios da Agricultura, um evento ambicioso da Famato, pretende não apenas buscar soluções e respostas para os atuais questionamentos da agricultura moderna, mas também traçar o cenário para onde o setor se direciona, estabelecendo as diretrizes de uma agricultura econômica, social e ambientalmente sustentável. O evento é um contraponto ao Encontro Internacional dos Negócios da Pecuária (Enipec) também realizado pela federação a cada dois anos.

De acordo com o coordenador da Bienal, Alexandre Esterman, o evento vai reunir 80 expositores de todos os segmentos da cadeia de produtores rurais, fornecedores, insumos, máquinas e equipamentos. Agrishow Cerrado, em Rondonópolis, será o palco para fechamento dos últimos patrocinadores e parcerias. A meta dos organizadores é atrair um público de três mil congressistas. """"Agricultores mato-grossenses e de outras regiões do cerrado brasileiro estão sendo convidadas a participar da Bienal. Também teremos alguns dos mais recentes nomes em evidência do agronegócio nacional e internacional como palestrantes do evento"""".

PROGRAMAÇÃO DIVERSIFICADA - A Bienal de Negócios da Agricultura vai ocupar mais de 11,250 metros quadrados do Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá. Nos três dias de eventos serão realizadas além palestras, vitrines e clínicas tecnológicas, apresentação de cases de sucesso, mostras e espaço cultural.

Onze espaços foram definidos para atingir um público diferenciado que envolve desde o pesquisados ao consumidor final.
Confira: Salão do Conhecimento - 4 palestras magnas e 46 palestras setoriais;
Salão do Relacionamento - 95 estandes, destinado aos patrocinadores e parceiros para garantir visibilidade às suas marcas e a realização de novos relacionamentos e negócios; Vitrine Tecnológica - será instalada na aa área externa para apresentação de tecnologias para o agronegócio; Clínica Tecnológica - dará oportunidade para o diálogo com os técnicos/pesquisadores de cada área em assuntos específicos; Salão da Agricultura Familiar - espaço onde serão abordados temas como estratégias de desenvolvimento, diversificação e agregação de valor para a agricultura familiar; Espaço Mulher - irá proporcionar às mulheres do agronegócio a oportunidade de discutir e aprofundar temas como segurança alimentar, alimentos funcionais, gestão e empreendedorismo e oficinas de saúde; Espaço da Criança - mostrar às crianças a importância da agricultura e do agronegócio em seu dia-a-dia por meio de um parque temático, com diversas oficinas e atividades lúdicas abordando temas como meio ambiente e saúde; Espaço do Futuro - fomentar o debate sobre a biotecnologia, a pesquisa e a segurança alimentar por meio de mostras e exposições; Bienal Cyber Café - contatos e acesso a informações via Internet; Business Center- espaço para a realização de reuniões corporativas e apresentações para públicos específicos; Salão Cultural - aproximar e conscientizar a sociedade urbana sobre a importância do agronegócio para a economia brasileira mostras, painéis, exposições, desfiles, danças e shows sempre colocando a agricultura em
evidência.

CENÁRIO IDEAL - Com a expectativa de produzir mais de 22,4 milhões de toneladas de grãos na Safra 2004/2005, em uma área que abrange 7,641 milhões de hectares, Mato Grosso, seguramente, ainda é a maior fronteira agrícola do Brasil. Como responsável por 20% da produção nacional de grãos e fibras, o produtor mato-grossense tem na tecnologia sua principal ferramenta para consolidar o seu desempenho no campo. Nos últimos 10 anos, a área plantada em Mato Grosso cresceu 159%, enquanto a produção das principais culturas cresceu 218%.

Crescimento que reflete no desenvolvimento do estado. A agricultura fez surgir diversos municípios que contribuíram para o incremento do Produto Interno Bruto - PIB - em cerca de 245%, na última década. As exportações do Estado cresceram 627,86%, atingindo hoje cerca de 3,1 bilhões de dólares, dos quais 97% são de produtos oriundos da atividade agrícola. O setor movimenta cerca de US$ 6 bilhões de dólares no custeio de cada safra e emprega diretamente cerca de 34% da PEA - População Economicamente Ativa de Mato Grosso.

Informações Gerais

  • 24/08/2005 à 26/08/2005
  • MT - Cuiabá
    Centro de Eventos do Pantanal
  • Website do Evento
  • Gratuíto

Localização do Evento