Curso de Capacitação Integração Lavoura-Pecuária

O curso capacitará, em 40 horas, divididas em três módulos, os profissionais de nível superior ligados ao agronegócio, como agrônomos, veterinários e zootecnistas, interessados em desenvolver atividades relacionadas com integração lavoura-pecuária (ILP). Nesta dinâmica, o conteúdo será discutido na teoria e parte do que foi apresentado poderá ser visto no campo. """"Uma forte demanda por este tema tem sido percebida pela pesquisa e os produtores estão conscientes da necessidade de integrar suas atividades"""", observa Luís Armando Zago Machado, pesquisador da Embrapa Agropecuária Oeste e um dos palestrantes do evento.

Zago relata que """"nos últimos três anos ocorreram secas severas e problemas na comercialização da produção. O sistema predominante na região, com base no cultivo de soja e milho safrinha é, de modo conceitual, uma monocultura em sucessão. Desta forma, o produtor ficou mais vulnerável a pragas, doenças e a degradação do solo. Há, também, a necessidade de diversificação da renda. Ele não pode depender apenas de duas culturas"""" .

Já no caso da pecuária, o pesquisador salienta que """"um ou dois meses sem chuva pode causar prejuízo, mas pequeno e os riscos são menores. Hoje o pecuarista encontra-se descapitalizado e com suas pastagens degradadas. A reforma de pastagem com lavoura ainda é uma prática bastante utilizada, mas talvez, neste momento, a agricultura não possa arcar com os custos da recuperação do solo"""".

Ele, entretanto, destaca que """"para quem tem apenas lavoura, a pecuária pode ser uma excelente alternativa e não é difícil para o agricultor desenvolver uma pecuária intensiva e lucrativa. A atual conjuntura está afetando as duas atividades, mas há exemplos de produtores que conseguem manter-se na atividade, mesmo em momentos de crise"""".

A capacitação de profissionais para atuar com integração agricultura-pecuária é uma estratégia que pretende recuperar o potencial de produção de áreas degradadas, como forma de diminuir a pressão sobre o Cerrado e a floresta amazônica.

Protilp - a capacitação integra o Programa de Transferência de Tecnologia para a Integração Agricultura-Pecuária - Protilp, um projeto desenvolvido em âmbito nacional pela Embrapa e instituições parceiras, com apoio do Ministério da Ciência e Tecnologia/FNDCT/CT - Agronegócio e Financiadora de Estudos e Projetos - FINEP.

A Secretaria de Estado de Produção e Turismo de Mato Grosso do Sul (Seprotur) e Fundação MS são parceiras neste curso, que tem o apoio da Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento, Crea-MS, AEAGRAN e AEAMS e realização da Embrapa Agropecuária Oeste (Dourados-MS), Gado de Corte (Campo Grande-MS), Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG), Cerrados (Planaltina-DF), Arroz e Feijão (Santo Antônio de Goiás-GO), Pecuária Sudeste (São Carlos-SP), Soja (Londrina-PR), Meio-Norte (Teresina-PI), Gado de Leite (Juiz de Fora-MG) e Transferência de Tecnologia (Brasília-DF).

Valor da inscrição: R$ 70,00. Vagas limitadas!

Informações Gerais

  • 13/02/2007 à 13/02/2007
  • MS - Dourados
    Embrapa Agropecuária Oeste
  • Website do Evento
  • Gratuíto

Localização do Evento