Ceasa-RS sediará Encontro Nacional de Centrais de Abastecimento

DEBATE

Ceasa-RS sediará Encontro Nacional de Centrais de Abastecimento

O evento tem o objetivo de atualizar informações e discutir novos rumos para o setor
Por:
87 acessos

A Ceasa (Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Sul), vinculada à Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, sediará nos dias 21 e 22 de novembro o Encontro Nacional da Associação Brasileira das Centrais de Abastecimento e da Confederação Brasileira das Associações e Sindicatos de Comerciantes em Entrepostos de Abastecimento.

O evento da Abracen/Brastece tem o objetivo de atualizar informações e discutir novos rumos para o setor. Dirigentes e técnicos dos mercados de abastecimento, empresários e produtores rurais estarão reunidos na quinta e na sexta-feira para debater temas de interesse da categoria, principalmente a Instrução Normativa Conjunta Nº 2 de 2018, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e da Anvisa, que instituiu a rastreabilidade de produtos vegetais frescos, medida importante e necessária, mas que tem gerado grande apreensão na cadeia produtiva, principalmente entre os pequenos produtores rurais.

É a quarta vez que o Encontro Nacional das Ceasas ocorre na capital gaúcha — o primeiro foi em 2003, o segundo em 2012 e o terceiro em 2014.

No dia 21, as atividades do período da manhã serão realizadas no Hotel De Ville, no bairro Anchieta, zona norte de Porto Alegre. A cerimônia será aberta às 9h pelo secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho, e terá palestras do ex-ministro da Agricultura e atual presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra, e do coordenador geral da Qualidade Vegetal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Hugo Caruso. Hugo irá falar sobre a rastreabilidade de produtos vegetais frescos, um dos temas mais aguardados do evento. À tarde, haverá visita técnica ao Pavilhão dos Produtores e aos boxes de empresas atacadistas na Ceasa.

No dia 22, o encontro ocorrerá integralmente na sede da Ceasa (Avenida Fernando Ferrari, 1001, Bairro Anchieta). No período da manhã, o presidente Ailton dos Santos Machado falará sobre os desafios da agricultura e do uso das tecnologias, analisando seus riscos e benefícios. Depois, haverá debate com a participação de integrantes do Grupo de Trabalho Alimento Seguro. A mesa será coordenada pelo gerente setorial de Agronegócio do Sebrae-RS, André Bordignon, e terá a participação de representantes do Mapa, Secretaria da Agricultura, NSF Bio Ensaios, Emater-RS e Embrapa.

À tarde, a programação seguirá com a palestra sobre Gestão Compartilhada. Esse painel terá a presença do diretor administrativo financeiro da Ceasa-RS, Celso Pazuch, do presidente da Associação de Produtores, Evandro Finkler, e do presidente da Associação dos Atacadistas, Sérgio Di Salvo.

A última atividade da programação destacará ações de outros setores da administração e do Banco de Alimentos da Ceasa, com a presença do diretor técnico operacional, Paulo Antônio Regla, da gerente financeira, Cláudia dos Santos, do encarregado do Cadastro, Ronaldo Marquezotti, do encarregado do setor de análises e informações da Gerência Técnica, Amauri Pereira, do supervisor de Mercado, Vilmar Ferreira, e do gerente de Operações, Jairo dos Reis Oliveira.

A supervisora do Banco de Alimentos, Rosandrea Vargas, fará a explanação sobre o programa social Prato Para Todos, laureado em 2004 e reconhecido novamente em 2017 pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) como um dos melhores programas de combate à miséria no Brasil. 

Destaque no evento, Programa social foi selecionado este ano para estudo do Ministério da Cidadania
No primeiro semestre deste ano, o Banco de Alimentos da Ceasa teve o mérito reconhecido outra vez. Foi um dos cinco selecionados entre 63 consultados na Região Sul pelo Ministério da Cidadania para elaboração de um manual de boas práticas. 

O Banco de Alimentos coordena o programa social Prato Para Todos, um dos pilares da gestão da Ceasa no Rio Grande do Sul. Dividido em três eixos — alimentar, educacional e da reinserção social —, o Prato Para Todos atende cerca de 300 instituições assistenciais e 200 famílias de baixa renda, pondo alimentos na mesa de mais de 50 mil pessoas todos os meses. De janeiro a outubro deste ano, os permissionários (produtores e atacadistas) doaram 533 toneladas de hortifrutigranjeiros que foram distribuídas para as entidades e pessoas carentes cadastradas.

Entre 2015 e 2019, as oficinas de combate ao desperdício realizadas no ônibus-escola capacitaram mais de oito mil pessoas. O Banco de Alimentos da Ceasa conta com um corpo de voluntários formado por 30 internos de 12 comunidades terapêuticas conveniadas.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink