CURSO DE TUTORIA À DISTÂNCIA DA CULTURA DO MILHO

Descrição: Período: 15 de janeiro a 31 de outubro de 2009

Carga-horária: 40 horas, sendo 30 horas à distância e 10 horas presenciais, dividido em 10 meses.

Público-alvo: Engenheiros Agrônomos, graduados.

Programa
O programa está dividido em 10 disciplinas. Cada disciplina terá carga horária de 4 horas, sendo 3 horas à distância e 1 hora presencial, com aulas expositivas, resolução de dúvidas e avaliação da disciplina ministrada no mês correspondente ao encontro.
O material didático será enviado via e-mail. As dúvidas deverão ser enviadas para o Prof. Durval Dourado Neto, via e-mail ou telefone .

Datas dos encontros presenciais
1º - 31/01/2009 6º - 27/06/2009
2º - 28/02/2009 7º - 25/07/2009
3º - 28/03/2009 8º - 29/08/2009
4º - 25/04/2009 9º - 26/09/2009
5º - 30/05/2009 10º - 31/10/2009

Disciplinas

1. Ecofisiologia e Fenologia

Ministrante: Prof. Dr. Durval Dourado Neto

Ementa: Introdução. Ecofisiologia e elementos do clima. Fenologia. Aspectos básicos de fisiologia. Software aplicativo.

Bibliografia:
AFUAKWA, J.J, CROOKSTON R.K, JONES R.J. Effect of temperature and sucrose availability on kernel black layer development im maize. Crop Science, v24, n.2, p. 285 – 288, 1994.
CODY, M.L. General theory of dutch size. Evolution, v20, p.174-184,1966
FANCELLI, A. L. Plantas Alimentícias: Guia para a aula, estudo e discussão. Piracicaba: USP, ESALQ/CALQ, 1786. 131p.
FRATTINI, J.A. Cultura do milho: instruções sumárias. Campinas: CATI/COT, 1975.26p. /Mimeografo/.
WILSIE, C.P. Crop adaptation and distribution. San Francisco: Freeman, 1962.345.

2. Nutrição, Adubação e Calagem

Ministrante: Prof. Dr. Durval Dourado Neto

Ementa: Introdução. Aspectos teóricos fundamentais. Rendimento máximo econômico. Fertilidade atual e fertilidade almejada. Absorção e exportação de nutrientes. Aspectos práticos. Calagem e gessagem. Micronutrientes. Adubação. Software aplicativo.

Bibliografia:
FANCELLI, A. L Milho e feijão: elementos para manejo em agricultura irrigada. Piracicaba: USP, ESALQ, Depto. de agricultura, 1996. p.1-29.
SLACK, A.V. Os produtos fertilizantes. In MANUAL de fertilizantes. São Paulo: CEDER/ PT, 1976. p. 53-72

3. Implantação da Cultura

Ministrante: Prof. Dr. Durval Dourado Neto

Ementa: Introdução. Planejamento. Conservação do solo. Preparo do solo. Plantio direto. Qualidade da semente. Tratamento de semente. Escolha do híbrido. Época de semeadura. Tipos de semeadora. Regulagem da semeadora. Semeadura. População de plantas. Fatores que interferem na germinação de sementes e na emergência de plântulas. Conselhos úteis. Software aplicativo.

Bibliografia:
FANCELLI, A. L. (Org.) . Atualização em Plantio Direto. 1. ed. Campinas, SP: Fundação Cargill, 1985. v. 1. 343 p.
FANCELLI, A. L. (Org.) ; DOURADO-NETO, Durval (Org.) . Tecnologia da produção de milho. 1. ed. Piracicaba, SP: Fundação de Estudos Agrários "Luiz de Queiroz", 1999. v. 1. 243 p.
FANCELLI, A. L. (Org.) . Plantio Direto. 1. ed. Piracicaba, SP: FEALQ-Departamento de Agricultura/ESALQ/USP, 1987. v. 1. 91
LIMA, M.G de.;.FANCELLI, A.L. Calibração e validação do modelo Ceres-Maize em condições tropicais do Brasil.. Pesquisa Agropecuária Brasileira /No Prelo/

4. Irrigação

Ministrante: Prof. Dr. Durval Dourado Neto

Ementa: Introdução. Agricultura irrigada. Critérios gerais de projeto. Operação e manutenção dos componentes de sistema de irrigação. Métodos de irrigação. Controle de irrigação. Software aplicativo.

Bibliografia:
DOURADO-NETO, D. Adequação dos métodos de irrigação às culturas. Piracicaba: USP, ESALQ, Depto. de agricultura, 1993.20p (apostila – Disciplina Agricultura II).
PRONI. Tempo de irrigar: Manual do irrigante. São Paulo: Programa Nacional de Irrigação, 1987. 160p.

5. Manejos de Plantas Daninhas

Ministrante: Prof. Dr. Durval Dourado Neto

Ementa: Introdução. Matocompetição e interferência. Métodos de manejo de plantas daninhas. Fenologia. Principais herbicidas registrados para a cultura de milho. Considerações finais. Software aplicativo.

Bibliografia:
DOURADO NETO, Durval ; FANCELLI, A. L. . Equações gerais para o manejo da cultura de milho. In: Antonio Luiz Fancelli; Durval Dourado Neto. (Org.). Tecnologia da Produção de Milho. 1 ed. Piracicaba: Publique, 1997, v. 1, p. 171-174.
SILVA, J.B. da; PIRES,N. de M. Controle de plantas daninhas para a cultura de milho. Informe agropecuário, v14, n164, p. 17-20, 1990.

6. Manejo de Pragas

Ministrante: Prof. Dr. Durval Dourado Neto

Ementa: Introdução. Principais pragas. Manejo de pragas. Manejo integrado de pragas agrícolas. Inimigos naturais. Manejo ambiental. Software aplicativo.

Bibliografia:
GRAVENA, S; CUNHA, H.F. da. Artrópodes predadores na cultura algodoeira. Jaboticabal: FUNEP/CEMIP, 1991. 46p. (Boletim Técnico, 1)
GRAVENA, S.;PAIVA,P.E.B.;SILVA,J.L.da.Manual para manejo ecológico de Minador e Cigarrinhas. 2. ed. Jaboticabal, 1995. 40p

7. Principais Doenças e seu Controle

Ministrante: Prof. Dr. Durval Dourado Neto

Ementa: Introdução. Endemia. Epidemia e epidemiologia. Aspectos ecológicos. Métodos gerais de controle. Quantificação de doenças. Principais doenças do milho. Software aplicativo.

Bibliografia.
AZEVEDO, L.A.S. Manual de quantificação de doenças de plantas. Sãp Paulo, 1997.114p.
FANCELLI, A.L.;DOURADO-NETO, D. Tecnologia da produção de milho. Piracicaba: USP, ESALQ, Depto de agricultura, 1997. 174p.
LUZ W.C. Diagnose e controle das doenças da espiga de milho no Brasil. Passo Fundo Embrapa, CNPT, 1995.28p (Circular técnica, 5)

8. Quimigação

Ministrante: Prof. Dr. Durval Dourado Neto

Ementa: Introdução. Principio geral do controle químico. Irrigação e quimigação foliar. Quimigação via pivô central. Fertigação. Características dos fertilizantes usados em fertirrigação. Insetigação. Fungigação. Herbigação. Sistema Notliada. Software aplicativo.

Bibliografia:
SANTOS,J.Q. Fertilizantes – Fundamentos e aspectos práticos da sua aplicaçã. Portugal: Europa-América, 1983.243p.
VIANA, P.A.Insetigação. IN. COSTA,E.F.;Vieira, R.F.;VIANA, P.A.; ed. Quimigação: aplicação de produtos químicos e biológicos via irrigação. Brasília, EMBRAPA-SPI, 1994. p.249-268.

9. Produção de Milho para Silagem

Ministrante: Prof. Dr. Durval Dourado Neto

Ementa: Introdução. Características da exploração atual. Fatores que afetam a produção e a qualidade da silagem. Escolha do híbrido. Qualidade da silagem. População de plantas. Adubação. Ponto de colheita. Tipos de silagem. Tipo e tamanho do silo. Cálculo do tamanho do silo. Tamanho das partículas. Enchimento do silo. vedação e compactação. Métodos para avaliação da qualidade da silagem. Manejo da silagem. Flora microbiana - processo de fermentação. Uso de aditivos para silagem. Software aplicativo.

Bibliografia:
FANCELLI,A.L. Escolha do tipo de cultivar de milho. Piracicaba:USP, ESALQ, Depto. de agricultura, 1989. 16p.
FANCELLI,A.L.; DOURADO-NETO, D. (coord) Tecnologia da produção de milho. Piracicaba: FEALQ, 1999. 301p
NUSSIO, L.G. A cultura do milho e sorgo para a produção de Silagem. IN: FANCELLI, A.L. (coord) Milho. Piracicaba:USP, ESALQ, Depto. de agricultura / DEALQ,1980. 88p.

10. Colheita

Ministrante: Prof. Dr. Durval Dourado Neto

Ementa: Introdução. Planejamento da colheita. Momento da colheita. Colheita mecânica de milho. Avaliação das perdas no campo. Como localizar e solucionar problemas com a colhedora. Software aplicativo.

Bibliografia:
EMBRAPA / CMPMS. Recomendações técnicas para a cultura de milho. Sete Lagoas, 1982. 53p. (circular técnica 6)
MANTOVANI, E.C. Colheita mecânica de milho. Campinas:Fundação Cargill, 1989, p. 1-24. (Série técnica 2).

Investimento: 11 parcelas de R$ 400,00, a primeira no ato da inscrição e as demais serão cobradas mensalmente, através de boleto.

Coordenador Acadêmico
Prof. Dr. Durval Dourado Neto, Professor Titular - Departamento de Produção Vegetal – USP/ESALQ

Informações Gerais

  • 15/01/2009 à 31/10/2009
  • SP - Piracicaba
    Av.Pádua Dias, 11 – Caixa Postal 09
  • Website do Evento
  • Gratuíto

Localização do Evento