Curso sobre doenças da bananeira

Curso sobre Diagnose da Sigatoka-negra e do Moko-da-bananeira voltado para técnicos extensionistas e profissionais com formação em agronomia e fitossanidade. O curso é oferecido pela Embrapa Amazônia Ocidental e aborda informações sobre sintomas e evolução das doenças em bananeira, epidemiologia, sistemas de controle referentes às sigatokas negra e amarela, mal-do-panamá e moko, entre outros assuntos relacionados.
As aulas serão ministradas pelo pesquisador da Embrapa Amazônia Ocidental, Luadir Gasparotto, engenheiro agrônomo, com doutorado em Fitopatologia, e pelo pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) Rogério Eiji Hanada,  engenheiro agronômo, com doutorado em Biotecnologia.
O período do curso será de 18 a 20 de outubro de 2011. As atividades do curso serão realizadas no  Campo Experimental da Embrapa localizado no Km 29, da rodovia AM-010 (Manaus-Itacoatiara) e  na programação será feita também visita a área de produtor. Será necessário o mínimo de 15 alunos para formação de turma.

Informações sobre inscrição, conteúdo e programação do curso estão disponíveis na internet em : http://www.cpaa.embrapa.br/diagnose-da-sigatoka-negra-mycosphaerella-fijiensis-e-do-moko-da-bananeira-ralstonia-solanacearum.
A sigatoka-negra é causada pelo fungo Mycosphaerella fijiensis  e a doença moko-da-bananeira  é causada pela bactéria Ralstonia solanacearum. Ambas doenças causam prejuízos aos agricultores com a perda da produção.
Para a sigatoka negra uma alternativa de controle é o plantio de cultivares de banana resistentes a essa doença, desenvolvidas pela Embrapa. O uso de cultivares resistentes também evita a utilização de agrotóxicos para combate a essa doença.
Para o moko da bananeira até o momento não existem materiais genéticos resistentes. Entretanto existem recomendações de manejo para evitar a ocorrência da doença em áreas de cultivo de banana.

A inscrição  inclui material didático, deslocamento para atividades do curso, no itinerário do Centro de Manaus até a Embrapa, e transporte rodoviário para o translado Manaus-Presidente Figueiredo, para visita a área de produtor onde há plantio de cultivares resistentes à sigatoka-negra. Outras despesas de transporte, hospedagem e alimentação serão de responsabilidade do participante. Mais informações sobre o curso podem ser obtidas pelo telefone (92) 3303-7805 ou pelo em e-mail: eventos@cpaa.embrapa.br

Organização: Embrapa Amazônia Ocidental

Telefone: (92) 3303-7805

Email: eventos@cpaa.embrapa.br

Website: http://www.cpaa.embrapa.br/cursos-embrapa-amazonia-ocidental

Informações Gerais

  • 18/10/2011 à 20/10/2011
  • AM - Manaus
    Campo Experimental da Embrapa - Km 29, da rodovia AM-010 (Manaus-Itacoatiara)
  • Gratuíto

Localização do Evento