Encontro Catarinense de Apicultores e Meliponicultores e o 1 Simpósio Nacional de Apicultura Orgânica

Içara recebe o 31o Encontro Catarinense de Apicultores e Meliponicultores e o 1 Simpósio Nacional de Apicultura Orgânica dias 17, 18 e 19 de julho

Durante três dias palestrantes de renome nacional e internacional irão apresentar as principais inovações do setor

 

Entre os dias 17 e 19 de julho, Içara/SC, mais conhecida como a capital do mel em Santa Catarina, será a sede do 31o Encontro Catarinense de Apicultores e Meliponicultores e o 1o Simpósio de Apicultura Orgânica, que terão como foco levar informações estratégicas aos apicultores para que estejam preparados para o grande crescimento da produção de mel nos próximos cinco anos.

 

A tendência é apontada pelo presidente da Federação das Associações de Apicultores de Santa Catarina (FAASC), Nésio Fernandes de Medeiros, que acredita que o Brasil possa saltar do 9o para o 5o lugar no ranking mundial de produção de mel em um prazo de cinco anos. “Em Santa Catarina produzimos, em média, seis mil toneladas de mel por ano, fruto do trabalho de quase três mil famílias que têm na apicultura uma significativa fonte de renda. Quase todo este mel produzido tem mercado garantido e consegue atingir bons preços. Isso quer dizer que se soubermos utilizar as melhores tecnologias e formas de manejo, poderemos crescer muito mais”, orienta.

 

Os dois encontros são uma oportunidade para os produtores estarem em contato com inovações tecnológicas e as discussões mais atuais do setor. Durante três dias especialistas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Epagri, Senar, Ministério da Agricultura do Uruguai, consultores do Sebrae, entre outros profissionais, repassarãoo suas experiências na área de agricultura orgânica, controle populacional para a alta produção de mel, controle sanitário orgânico na apicultura, manejos integrados, produção e processamento do pólen, criação de rainhas e outros assuntos de interesse dos apicultores. Entre as novidades a serem apresentadas, está uma máquina capaz de extrair de 8 a 10 toneladas de mel por dia. Santa Catarina é referência nacional em tecnologia de produção e na indústria de equipamentos e insumos.

 

O 1º Simpósio e o ECA são promovidos pela Epagri, FAASC, Confederação Brasileira de Apicultura, Associação dos Apicultores de Içara e Prefeitura Municipal de Içara, com apoio da UFSC, Governo do Estado de Santa Catarina, Associação Empresarial de Içara e Câmara dos Dirigentes Lojistas de Içara. Mais informações sobre o evento acesse: http://www.faasc.com.br/

 

Certificação para a apicultura orgânicaPreferido pelo mercado mundial, o mel orgânico é produzido em quase 100 mil colmeias cadastradas no Estado. Os maiores compradores dessa produção são duas empresas processadoras que ficam em Araranguá e em Içara, no sul do Estado. “Elas se utilizam da certificação orgânica auditada, basicamente voltada para exportação. Diferente do Ecocert Group e do Sebrae/SC que desenvolvem um trabalho de certificação, mas que vale somente para o mercado interno,” explicou o presidente da FAASC.

Através do relatório certificação orgânica participativa na apicultura, o Sistema de Inteligência Setorial do Sebrae apresenta as vantagens de possuir este selo e o modo como o produtor pode obter a certificação. Leia mais aqui: http://sis.sebra

e-sc.com.br/

Informações Gerais

  • 17/07/2014 à 19/07/2014
  • SC - Içara
  • Gratuíto

Localização do Evento