Formação de agentes de pesquisa em agroecologia

Legenda: Produção agroecológica fornece alimentos saudáveis à população e preserva o meio ambiente.

Produção agroecológica será tema de curso em Rondônia

Na semana de 03 a 07 de novembro, pesquisadores, agricultores familiares e técnicos participarão do curso “Formação de agentes de pesquisa em agroecologia”. O curso promovido pela Embrapa Rondônia e pelo Projeto Padre Ezequiel acontece na Casa do Produtor em Ji-Paraná/RO, com a parceria das Unidades da Embrapa Clima Temperado, Embrapa Meio Ambiente, Prefeitura Municipal de Ji-Paraná, Comissão Pastoral da Terra, Projeto Terra Sem Males, MST e Ceplac.

De segunda a quarta-feira, serão repassadas pelos pesquisadores da Embrapa Clima Temperado (Pelotas/RS), Lírio Reicher e Carlos Alberto Medeiros, informações relacionadas ao processo metodológico sobre a sistematização de experiências com um enfoque em agroecologia, além de uma breve abordagem das experiências já sistematizadas pela EMATER/RS-ASCAR. Também serão tratados, durante esta capacitação, aspectos sobre metodologia de “Diagnósticos”, mostrando questionários para se fazer o diagnóstico. Lírio Reicher explica que também fará um resgate das tecnologias que foram trabalhadas por projetos em pesquisa participativa da Embrapa, como os resultados do “Projeto RS RURAL” e do “Projeto Rede de Referência”.

Nos dois últimos dias, a capacitação será ministrada pelo pesquisador Cláudio Bruschinelli, da Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna/SP), que abordará sobre a construção e utilização de indicadores de sustentabilidade como ferramenta para avaliação de impactos sócio-ambientais da produção de base ecológica.
Além da parte teórica, estão programadas visitas a áreas de produtores, em Mirante da Serra e Vale do Paraíso, para que os participantes possam treinar o que viram na teoria.

Este curso é uma das ações do projeto "Alternativas Agroecológicas para a Agricultura Familiar Sustentável em Rondônia", coordenado pelo pesquisador José Orestes Merola, da Embrapa Rondônia, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

De acordo com Orestes, esta capacitação é a primeira ação do projeto que teve início neste semestre e que tem o prazo de três anos de execução. Com este projeto, a Embrapa juntamente com os demais parceiros, pretende, mediante a identificação e sistematização de técnicas e experiências agroecológicas, tomando por base agricultores familiares do Projeto Padre Ezequiel, Mirante da Serra e Vale do Paraíso validar de forma participativa tecnologias alternativas de produção animal e vegetal com enfoque agroecológico para a agricultura familiar em Rondônia.
Orestes enfatiza que os agricultores familiares, principais beneficiários desse projeto, estarão envolvidos diretamente no processo de elaboração, pesquisa e desenvolvimento, respeitando-se, no entanto, as especificidades metodológicas e o grau de interação entre os técnicos e agricultores. Deste modo, os agricultores familiares serão atores integrantes do projeto, participando das tomadas de decisões e execução de atividades em igualdade com técnicos e pesquisadores.


Informações
Pesquisador José Orestes Merola
Tel: 69-9285-5005

Embrapa Rondônia
33 anos de pesquisas, parcerias e resultados!
Internet: www.cpafro.embrapa.br
Porto Velho (RO): BR 364 (sentido Cuiabá) – km 5,5
Jornalista responsável: Daniela Garcia Collares (MTb/114/01 RR)
Estagiária: Vanessa de Paula
Assessoria de Comunicação Social Embrapa Rondônia
Área de Comunicação e Negócios (ACN)

Informações Gerais

  • 03/11/2008 à 07/11/2008
  • RO - Porto Velho
  • Gratuíto

Localização do Evento