Foro: Agricultura Tropical, vida e energia - Brasil e África Lusofônica

Liderado institucionalmente pelo Ministério de Relações Exteriores (MRE), através de sua Agência Brasileira de Cooperação (ABC), e pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), através da Embrapa, o evento vai discutir questões relacionadas à bioenergia e à produção de alimentos dada a relevância do problema da fome no mundo e na África.

Em parceria com a Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba (Emepa) e com a ABC, o evento tem como objetivo contribuir com o bem-estar dos grupos sociais mais vulneráveis e à maior autonomia energética dos países participantes da iniciativa. O evento é concebido para embaixadores, ministros, autoridades e empresários, além de representantes de organizações estratégicas da sociedade civil de Brasil, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe.

Durante o evento os representantes dos países devem assinar convênios, acordos e contratos científicos, técnicos e comercias.

A comissão de coordenação geral do foro é composta pelo chefe geral da Embrapa Algodão, Robério Ferreira dos Santos; pelo Presidente da Emepa, Miguel Barreiro Neto, e pelo assessor de cooperação técnica da ABC, João Carlos Reis Soub.

A realização do foro tem como objetivo oferecer condições ideais para que autoridades brasileiras e africanas discutam, negociem e criem vínculos político-institucionais, técnico-científicos e comerciais sustentáveis. “Estes vínculos poderiam inclusive vir a ser uma referência para outras iniciativas entre o Brasil e outros países do continente africano”, comenta Ferreira.

“O que se espera do Foro é uma melhor compreensão dos interesses científicos, técnicos e comerciais, das demandas e ofertas atuais e potenciais de cooperação e dos modos sustentáveis de cooperação entre o Brasil e os países africanos de língua portuguesa em temas estratégicos da agricultura tropical, com ênfase inicial em alimentação e bioenergia”, acrescenta o executivo da estatal.

Os idealizadores do evento pretendem também que o foro possa gerar insumos estratégicos para revisão de antigos e formulação de novos programas de cooperação Brasil-África, além de firmar convênios científicos, acordos técnicos e contratos comerciais entre o Brasil e os países participantes associados a temas da agricultura tropical, com ênfase em alimentação e bioenergia. O projeto ainda está buscando fechar parcerias estratégicas com outras instituições para apoio e patrocínio do evento.

Informações Gerais

  • 25/02/2008 à 29/02/2008
  • PB - João Pessoa
    João Pessoa
  • Gratuíto

Localização do Evento