I Seminário do Café de Minas Gerais


O I Seminário do Café de Minas Gerais será realizado nos dias 19 e 20 de janeiro de 2006 no Teatro Mestrinho Marista, cidade de Varginha, Minas Gerais. O Seminário de 2006 abordará temas da ordem do dia, apresentados por palestrantes com larga experiência profissional e por autoridades governamentais.

Os estoques de cafés nos países produtores continuam caindo, o que começa a ocorrer também nos países importadores, e a produção mundial esta sendo totalmente comercializada.
 Estamos diante de um quadro sustentado de produção e consumo?
 A expectativa que começa a dominar os produtores quanto a demanda mundial suplantando a oferta é prematura?
 Até quando o potencial da produção mundial de café pode sustentar o crescimento do consumo?
 A produção mundial dos anos agrícolas de 2006/8 será capaz de abastecer o mercado sem uma explosão nos preços internacionais?
 Uma alta substantiva nos preços não pode afetar o consumo?


A safra brasileira de café para os anos safras de 2006/7 e de 2007/8 está na ordem do dia. As estimativas de produção da CONAB e as de cooperativas de produtores tem apresentado discrepâncias. Várias cooperativas brasileiras estão acelerando suas pesquisas e levantamentos detalhados, que serão apresentados no Seminário, indicando redução de área plantada.


 A produção brasileira de café mudou seu padrão médio com maior adensamento?
 A redução de área plantada é expressiva?
 A produção brasileira de café depende ainda mais de insumos e, portanto, é mais sensível a preços?


O adequado abastecimento do mercado mundial tende a ser cada vez mais dependente da produção brasileira de café. Não há, no curto prazo, nenhum outro país exportador sinalizando capacidade de aumento de produção, estando alguns com dificuldade até para manterem seus atuais volumes de produção.

 Qual é o potencial da produção brasileira e mundial com o presente parque cafeeiro?
 A bianualidade da produção brasileira, acentuada nos últimos anos, pode ser amenizada?
 Que ferramentas o Brasil pode introduzir em sua política para gerenciar melhor a sua bianualidade de produção?
 O programa de opções é uma das alternativas? A única?
 O Funcafé tem musculatura financeira para suportar essa programação?
 Os novos instrumentos de financiamento recentemente criados podem ajudar?
 A liberação dos recursos do Funcafé está sendo alvo de nova sistemática?
 Será necessária a revitalização do Funcafé, significando o retorno da quota de contribuição ou de mecanismo semelhante?

O escoamento, armazenamento e transporte da safra brasileira de café conta com novas possibilidades.


 Quais são as perspectivas para o porto de Sepetiba?
 A venda de café no mercado internacional
e seu armazenamento em unidades no Brasil em regime de extraterritorialidade, o chamado DAC - DUB, vai deslanchar?


Inscrições limitadas a 330 participantes.


Programa

Quinta-feria, 19 de Janeiro


Conferências

Quinta-feria, 19 de Janeiro
14:30 às 18:30 horas Moderador: Francisco Ourique
Sr. Mauro Teixeira - Prefeito de Varginha Boas-vindas
Sr. Roberto Rodrigues - Ministro da Agricultura Os desafios à enfrentar
Sr. Carlos Melles - Frente Parlamentar do Café O que vamos fazer
Sr. Gerardo Fontelles - Ministério da Fazenda A gestão do Funcafé
Sr. Maurício Miarelli - Presidente do CNC A cafeicultura sustentada
Sr. Cleber Marques de Paiva - Presidente CCCMG O café em Minas
Sr. Osvaldo Henrique - Presidente da MinaSul A situação do produtor de café
Sr. Antônio de Azevedo Bomfim O Bancoob no café
- Diretor Presidente do Bancoob
Sr. Genervino Caixeta Neto - Atuação do Banco do Brasil no café
- Superintendente Regional do Banco do Brasil
Sr. Silas Brasileiro O AgroMinas - Café
- Secretário de Agricultura de Minas Gerais

19:00 às 21:00 horas Coquetel em homenagem ao Ministro Roberto Rodrigues

Sexta-feira, 20 de janeiro

Conferências

Sexta-feira, 20 de janeiro

09:00 às 12:30 horas

Sr. Ivan Wedekin - Secretário MAPA O café como alavanca para Financiamento

Sr. Edílson Martins de Alcântara Novos Instrumentos de Financiamento

- Diretor Executivo da BBM

Sr. Thomas Rittscher Perspectivas para o Porto de Sepetiba

- Diretor Comercial Sepetiba Tecon S/A

Sr. Carlos Eduardo Portella - Presidente da Alletrop Mais negócios com o regime de Armazenagem DAC - DUB

Intervalo

Sr. Linneu da Costa Lima - Secrerário MAPA A safra brasileira de 2006/7

Sr. Sérgio Barros - USDA O potencial da produção de café no Brasil e no mundo

Sr. José Braz Mateillo - Procafé O potencial da produção brasileira

Almoço Livre

14:30 às 18:30 horas

Sr. Sérgio Wanderley - Marcelino Martins & Johnson Os fundamentos do mercado

Sr. Sérgio Tristão - Exportadora Tristão O cenário do mercado para 2006/7

Intervalo

Sr. Rogério Couto Rosa Araújo O levantamento de safra da área da cooperativa

- Dir. Técnico e de Comercialização da Cooparaiso

Sr. Antônio Magalhães A produção de café na área de atuação da cooperativa.

- Surperintendente Comercial da Cooxupé

Sr. Ronaldo Villas Boas Estimativa de Produção na área de atuação da cooperativa

- Chefe Departamento Técnico MinaSul

Sr. Ricardo Lima de Andrade As conclusões da estimativa de produção e da área ocupada

- Gerente Comercial Cooperativa de Franca com café

Sr. Francisco Sérgio de Assis - Presidente CACCER O levantamento da safra do cerrado.

Inscrições limitadas a 330 participantes.

Informações Gerais

  • 19/01/2006 à 20/01/2006
  • MG - Varginha
    Teatro Mestrinho Marista
  • Website do Evento
  • Gratuíto

Localização do Evento