XXXVII Reunião de Pesquisa de Soja da Região Sul

Descrição do Evento:

O tema central do XII CBFV é “Desafios para produção de alimentos e bioenergia”. A escolha deste tema recai na sua importância, tanto do ponto de vista científico como sócio-econômico. É um tema de grande relevância para os governos e para as sociedades de todo o mundo, que visam ao mesmo tempo o aumento da produção de alimentos, a obtenção de fontes alternativas de energia como os biocombustíveis e a preservação da natureza e do clima do planeta. Espera-se, nesse evento, discutir e identificar os principais fatores fisiológicos limitantes para a produção vegetal e os principais avanços das pesquisas em fisiologia vegetal que podem contribuir para minimizar tais barreiras. Também serão abordados, no campo científico, diversos outros temas, tais como: seqüestro de CO2, aquecimento global, fisiologia da produção de culturas relevantes para a produção de alimentos e de biocombustíveis, uso potencial de espécies nativas com fins agrícolas, fotossíntese, nutrição mineral de fruteiras, eficiência no uso de água, metabolômica em plantas, fisiologia pós-colheita de frutos, estresses bióticos e abióticos, produção de alimentos em ambientes protegidos, dentre outros.

Esperamos que o XII CBFV seja uma excelente oportunidade de aprendizado e relacionamento entre profissionais, pesquisadores e estudantes.

PROGRAMAÇÃO DO XII CONGRESSO BRASILEIRO DE FISIOLOGIA VEGETAL

A Programação do XII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal vem sendo discutida desde o final de 2007, tendo sido aprovados: o formato do evento, os temas a serem discutidos e os nomes dos palestrantes que confirmaram sua presença no evento. Essa programação consta de uma palestra de abertura, sobre o tema central do Congresso, 8 mesas redondas, 12 painéis, 4 sessões de pôsteres, 3 sessões de apresentação oral, 5 mini-cursos e 3 visitas técnicas. Deverão participar do XII CBFV cerca de 50 palestrantes, sendo 20% internacionais, 20% da região nordeste e 60% proveniente de outras regiões do país. Espera-se a presença de cerca de 1000 cientistas e 800 apresentações de resultados de pesquisa.



Segunda-feira - 07/09/09

14:00-18:00 h - Inscrição e Distribuição de Material

 

19:00 às 20 h - Cerimônia de Abertura

 

20:00 às 21:00 h - Palestra: "Desafios para produção de alimentos e bioenergia no mundo" - José Geraldo Eugênio de França (EMBRAPA Sede, Brasília, Distrito Federal, Brasil)

 

21:00 h - Coquetel.




Terça-feira - 08/09/09

07:00 - 09:00 h - Inscrição e Distribuição de Material

 

09:00 às 12:00 h - Mesas Redondas

 

Mesa Redonda 1: Papel da Fisiologia na Produção de Alimentos e Fontes de Energia

 

- Fatores fisiológicos limitantes da produtividade de culturas alimentícias no Brasil - Carlos Alberto Martinez (USP, Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil);

 

- Respostas fisiológicas de plantas de cana-de-açúcar em condição de déficit

 

hídrico: variação genotípica e produção de fitomassa - Rafael Vasconcelos Ribeiro (IAC, Campinas, São Paulo, Brasil);

 

- Fatores fisiológicos limitantes da produtividade de culturas envolvidas na produção de biodiesel - Napoleão Esberard de Macêdo Beltrão (CNPA/EMBRAPA, Campina Grande, Paraíba, Brasil).

 

Coordenador: Enéas Gomes Filho (UFC, Fortaleza, Ceará, Brasil)

 

Mesa Redonda 2: Produção de alimentos e bioenergia na perspectiva das agências de fomento

 

- Representantes da CAPES, CNPq, FUNCAP e BNB

 

Coordenador: Roberto Cláudio Rodrigues Bezerra (AL-CE, Fortaleza, Ceará, Brasil)

 

13:30-15:45 - Painéis

 

Painel 1 - Influência de Estresses Abióticos no Valor Nutricional dos Alimentos.

 

- Prospecção de compostos bioativos e atividade antioxidante em

 

Frutas e Hortaliças. Ricardo Elesbão Alves (CNPAT/EMBRAPA, Fortaleza, Ceará, Brasil);

 

- Regulated Abiotic Stresses as a Tool for Enhancing Postharvest Secondary Metabolities, and Adding-Value of Fresh Produce. Jorge M. Fonseca (The University of Arizona, EUA).

 

Coordenador: Carlos Farley Herbster de Moura (CNPAT/EMBRAPA, Fortaleza, Ceará, Brasil).

 

Painel 2 - Melhoramento de Plantas Auxiliado por Ferramentas Moleculares.

 

Melhoramento genético da qualidade da soja para a agroindústria e biocombustível. Maurílio Alves Moreira (UFV, Viçosa, Minas Gerais, Brasil);

 

- Engenharia metabólica em plantas para o melhoramento nutricional e otimização da produção de biocombustíveis - Francisco José Lima Aragão (CENARGEN/EMBRAPA, Brasília, Distrito Federal, Brasil).

 

Coordenadora: Cândida Hermínia Campos de Magalhães Bertini (UFC, Fortaleza, Ceará, Brasil)

 

Painel 3 - Avanços Recentes em Fotossíntese.

 

- Continuous evolution of the LI-COR LI-6400 Photosynthesis System: New methodologies and applications for photosynthetic gas exchange and fluorescence - Patrick B. Morgan (LI-COR Biosciences, Lincoln, Nebraska USA)

 

- Plasticidade fenotípica em espécies lenhosas cultivadas: fotossíntese e disponibilidade de luz e de água - Fábio Murilo DaMatta (UFV, Viçosa, Minas Gerais, Brasil);

 

- Impacto da superexpressão do Lhcb1*2 no proteoma de plantas transgênicas de tabaco: consequências para a regulação da fotossíntese e desenvolvimento.- Carlos Labatte (ESALQ/USP, Piracicaba, São Paulo, Brasil).

 

Coordenador: Luis Mauro Gonçalves Rosa (UFRGS, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil)

 

15:45 às 16:00 h - Intervalo

 

16:00 às 17:00 h - Sessão de pôsteres 1

 

17:00 às 18:00 - Sessão oral 1

 

18:00 às 20:30 h - Mini-cursos




Quarta-feira - 09/09/09

08:00 às 09:15 h - Mini-cursos

 

09:30 às 12:00 h - Mesas Redondas

 

Mesa Redonda 3: Bioenergética e Crescimento Vegetal.

 

- Structure-function relationship and physiological meanings of H+-pyrophosphatase - Masayoshi Maeshima (Nagoya University - Nagoya, Japan)

 

- Is increased uncoupling mitochondrial protein (UCP) activity beneficial to

 

stress tolerance and plant growth? - Ivan de Godoy Maia (UNESP, Botucatu, São Paulo, Brasil)

 

- Síntese e degradação de óxido nítrico pela mitocôndria vegetal - Ione Salgado (UNICAMP, Campinas, São Paulo, Brasil)

 

Coordenadora: Dirce Fernandes de Melo (UFC, Fortaleza, Ceará, Brasil)

 

Mesa Redonda 4: Seqüestro de CO2, Aquecimento Global e Bioenergia.

 

- O papel da Amazônia no combate ao aquecimento global - Philip Fearnside (INPA, Manaus, Amazonas, Brasil);

 

- Bionergia no Brasil: aspectos ambientais - Luiz Antonio Martinelli (CENA/USP, Piracicaba, São Paulo, Brasil);

 

- The respiration-photosynthesis balance of plants and ecosystems: implications for atmospheric CO2 concentration - Miquel González-Meler (University of Illinois, Chicago, EUA).

 

Coordenador: Fábio Murilo DaMatta (UFV, Viçosa, Minas Gerais, Brasil)

 

14:00-15:45 - Painéis

 

Painel 4 -Controle da Morfogênese "in vitro"

 

- Sistemas modelos para a embriogênese somática: fundamentos e aplicações - Miguel Pedro Guerra (UFSC, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil)

 

- Células tronco em plantas: origem, controle e aplicações - Gilberto Barbante Kerbauy (IB/USP, São Paulo, São Paulo, Brasil)

 

Coordenador: Raimundo Santos Barros (UFV, Viçosa, Minas Gerais, Brasil)

 

Painel 5 - Análise proteômica e metabolômica em plantas.

 

- Análise proteômica de estresses bióticos em plantas: enfoque no estudo da vassoura-de-bruxa - Júlio César de Matos Cascardo (UESC, Ilhéus, Bahia, Brasil)

 

- Análise do perfil metabólico como ferramenta para o genoma funcional de plantas - Marcelo Ehlers Loureiro (UFV, Viçosa, Minas Gerais, Brasil)

 

Coordenador: José Donizeti Alves (UFLA, Lavras, Minas Gerais, Brasil)

 

Painel 6 - Mecanismos de sinalização e resistência de plantas a estresses ambientais

 

- Interação entre estresse oxidativo e estresses abióticos: o papel do sistema

 

antioxidante na regulação das respostas de defesa - Márcia Maria Pinheiro Margis (UFRGS, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil)

 

- Nitric oxide signaling in plant defense: role of S-nitrosoglutathione

 

reductase. M. Carmem Martinéz Gómez (Universidad Autónoma de Barcelona, Barcelona, Spain)

 

Coordenador: Joaquim Albenísio Gomes da Silveira (UFC, Fortaleza, Ceará, Brasil)

 

15:45 às 16:00 h - Intervalo

 

16:00 às 17:00 h - Sessão de pôsteres 2

 

17:00 às 19:00 - Sessão oral 2




Quinta-feira - 10/09/09

08:00 às 09:15 h - Minicursos

 

09:30 às 12:00 h - Mesas Redondas

 

Mesa Redonda 5: Novas abordagens para o estudo dos mecanismos de tolerância aos estresses bióticos e abióticos.

 

- Cross Tolerance and Oxidative Response - Christine Foyer (Centre for Plant Sciences, University of Leeds, Leeds, UK)

 

- Mecanismos de proteção oxidativa a estresses abióticos combinados em

 

espécies adaptadas ao semi-árido - Joaquim Albenísio Gomes da Silveira (UFC, Fortaleza, Ceará, Brasil)

 

- Salinity and leaf growth: short and long-term responses - Wieland Fricke (University College Dublin, UCD, Republic of Ireland)

 

Coordenador: Maria Raquel Alcântara de Miranda (UFC, Fortaleza, Ceará, Brasil).

 

Mesa Redonda 6: Fotossíntese, eficiência no uso da água e crescimento vegetal.

 

- Mecanismos e avanços no controle da eficiência do uso da água - Carlos Pimentel (UFRRJ, Seropédica, Rio de Janeiro, Brasil);

 

- Temperatura, fotossíntesse e produtividade vegetal - Eduardo Caruso Machado (IAC, Campinas, São Paulo, Brasil);

 

- Aquoporinas em plantas - Ricardo Ferraz de Oliveira (ESALQ/USP, Piracicaba, São Paulo, Brasil)

 

Coordenador: Laurício Endres (UFAL, Maceió, Alagoas, Brasil)

 

14:00-15:45 - Painéis

 

Painel 7 - Genética molecular e aumento da produtividade.

 

- Desenvolvimento de plantas de soja geneticamente modificadas visando redução de perdas devido à seca - Alexandre Lima Nepomuceno (Embrapa Soja, Londrina, Paraná, Brasil);

 

- Importância da seleção assistida por marcadores moleculares - José Jaime Vasconcelos Cavalcanti (CNPAT/EMBRAPA, Fortaleza, Ceará, Brasil);

 

- Coordenador: Kátia Maria da Silva Parente (UVA, Sobral, Ceará, Brasil)

 

Painel 8 - Estresse biótico e perdas pós-colheita.

 

- Doenças infecciosas em pós-colheita e aspectos bioquímico/fisiológicos

 

envolvendo o controle através da indução de resistência - Sérgio Florentino Pascholati (ESALQ/USP, Piracicaba, São Paulo, Brasil);

 

- Panorama atual das doenças pós-colheita - Sonia Maria Alves de Oliveira (UFRPE, Recife, Pernambuco, Brasil).

 

Coordenador - Ebenezer de Oliveira Silva (CNPAT/EMBRAPA, Fortaleza, Ceará, Brasil)

 

Painel 9 - Fisiopatologia de plantas cultivadas.

 

- Mecanismos de defesa do feijão-de-corda contra o nematóide das galhas Meloidogyne incognita - José Tadeu Abreu de Oliveira (UFC, Fortaleza, Ceará, Brasil)

 

- Análisis molecular de la interacción planta-patógeno en la cancrosis de los cítricos (Molecular analysis of plant-pathogen interactions during citrus canker disease) - Elena Graciela Orellano (Universidad Nacional de Rosario, Rosario, Argentina)

 

Coordenador: Fábio Rossi Cavalcante (UFC, Juazeiro do Norte, Ceará, Brasil).

 

15:45 às 16:00 h - Intervalo

 

16:00 às 17:00 h - Sessão de pôsteres 3

 

17:00 às 19:00 h - Assembléia Geral da SBFV

 

20:00 h - Jantar de Adesão




Sexta-feira - 11/09/09

09:30 às 12:00 h - Mesas Redondas

 

Mesa Redonda 7: Plantas nativas no contexto da produção de alimentos e bioenergia

 

- Potencial de uso de plantas da Caatinga - Pedro Dantas Fernandes (INSA/UFCG, Campina Grande, Paraíba, Brasil);

 

- Plantas do Bioma Cerrado: potencial de uso e a fisiologia vegetal - José Carlos Sousa-Silva (Embrapa Cerrados, Planaltina-Distrito Federal/Universidade de Brasília-UnB, Brasília, DF, Brasil);

 

- Limitações fisiológicas para uso de plantas nativas do semi-árido para a produção - José Tarquínio Prisco (INCTSal/UFC, Fortaleza, Ceará, Brasil).

 

Coordenador: Rejane Jurema Mansur Custódio Nogueira (UFRPE, Recife, Pernambuco, Brasil)

 

Mesa Redonda 8: Experiências no Ensino de Fisiologia Vegetal.

 

- A pós-graduação em fisiologia vegetal no Brasil - Marcos Antonio Bacarin (UFPEL, Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil)

 

- O ensino de fisiologia vegetal na formação profissional nas universidades brasileiras - Luiz Edson Mota de Oliveira (UFLA, Lavras, Minas Gerais, Brasil)

 

- Aplicação do modelo construtivista no ensino da Fisiologia Vegetal - Paulo Roberto de Camargo e Castro (ESALQ/USP, Piracicaba, São Paulo, Brasil)

 

Coordenador: Amauri Alves de Alvarenga (UFLA, Lavras, Minas Gerais, Brasil).

 

14:00-15:45 - Painéis

 

Painel 10 - Avanços na Nutrição Mineral para Resolução de Problemas Antigos

 

- Absorção e utilização de nutrientes em solos ácidos - José Cambraia (UFV, Viçosa, Minas Gerais, Brasil);

 

- Nutrição mineral de fruteiras tropicais - Renato de Mello Prado (UNESP, Jaboticabal, São Paulo, Brasil).

 

Coordenador: Márcio Cleber de Medeiros Corrêa (UFC, Fortaleza, Ceará, Brasil)

 

Painel 11 - Energética celular como base para seleção e desenvolvimento de germoplasma.

 

- Energy transduction systems of the plant cell as new tools to develop and select improved germoplasms - Arnoldo Rocha Façanha (UENF, Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, Brasil);

 

- Transgenic plants overexpressing v-ppases: a new strategy to improve plant biomass and stress tolerance - Roberto Gaxiola (Arizona State University, EUA)

 

Coordenador: Júlio César de Mattos Cascardo (UESC, Ilhéus, Bahia, Brasil)

 

Painel 12 - Fisioecologia e Produção Agrícola na Amazônia.

 

- Fisiologia do guaranazeiro: implicações dos fatores abióticos sobre o desempenho de clones de alta produtividade - José Francisco Carvalho Gonçalves (INPA, Manaus, Amazonas, Brasil);

 

- Desafios e oportunidades para a pesquisa em ecofisiologia aplicada aos sistemas de uso da terra na Amazônia - Cláudio José Reis de Carvalho (CPATU/EMBRAPA, Belém, Pará, Brasil);

 

Coordenador: Benedito Gomes dos Santos Filho (UFRA, Belém, Pará Brasil)

 

15:45 às 16:00 h - Intervalo

 

16:00 às 17:00 h - Sessão de pôsteres 4

 

17: 00 às 18:00h - Sessão oral 3

 

18:00 h - Premiação dos melhores trabalhos e Encerramento

 

Mini-curos (5 horas):

 

- Fisiologia da produção 1: Culturas anuais. João Licínio Nunes de Pinho (Centec, Fortaleza, Ceará, Brasil)

 

- Fisiologia da produção 2: Culturas perenes. Paulo Cezar Cavatte e Fábio Murilo DaMatta (UFV, Viçosa, Minas Gerais, Brasil);

 

- Fisiologia pós-colheita de frutos tropicais. Jurandi Gonçalves Oliveira (UENF/ Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, Brasil);

 

- Instrumentação em Fisiologia Vegetal I - Richard Garcia e Patrick B. Morgan (Alem Mar/LICOR, LI-COR Biosciences, Lincoln, Nebraska USA) Empresas

 

- Instrumentação em Fisiologia Vegetal II - Steve Bonage (ADC/Marconi, ADC BioScientific Ltd, Herts, England)

 

- Análise da expressão gênica em plantas. José Hélio Costa (UFC, Fortaleza, Ceará, Brasil).



Sábado - 12/09/09

07:00 às 18:00 h - Excursões Técnicas

 

- Sertão Central - Usina de biodíesel da Petrobras: açude Cedro/Pedra da Galinha Choca (Quixadá, Ceará, Brasil)

 

- Baixo Acaraú - Perímetro de Irrigação (Marco, Ceará, Brasil);

 

- Baixo Jaguaribe - Tabuleiro de Russas, Morada Nova, Castanhão ou Chapada do Apodi (Limoeiro do Norte, Ceará, Brasil

 

Informações Gerais

  • 07/09/2009 à 12/09/2009
  • CE - Fortaleza
    Hotéis Oásis Atlântico Imperial e Oásis Atlântico Fortaleza
  • Website do Evento
  • Gratuíto

Localização do Evento