"Celeiro do Juízo Final" recebe mais 10 mil variedades de sementes

Agronegócio

"Celeiro do Juízo Final" recebe mais 10 mil variedades de sementes

O objetivo é o de preservar espécies de plantas
Por:
1306 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.
O Silo Internacional de Sementes da Esvalbarda, apelidado de "Celeiro do Juízo Final", é o reservatório de sementes localizado no arquipélago Ártico de Svalbard, a 1120Km do Pólo Norte. Seu objetivo é o de preservar espécies de plantas que sirvam como alimento para a população terrestre.

Recentemente o silo recebeu mais 10 mil sementes, e já armazena 825 mil tipos diferentes de sementes, representando 13 mil anos da história da agricultura. A proteção da diversidade de plantações do mundo é fundamental para garantir a segurança de comida caso haja uma mudança climática radical, alertou o Global Crop Diversity Trust (GCDT), grupo que gerencia o silo. As sementes vieram de outros silos, da Bulgária, Colômbia, Índia e Taiwan, contendo variedades de mais de 100 países.

"O Silo Internacional de Sementes da Esvalbarda simboliza como nós podemos criar uma solução positiva, sustentável e de longo-prazo para alimentar o mundo para sempre", disse Marie Haga, Diretora Executiva da GCDT.

O grupo está pedindo aos governantes, empresários, fundações e aos ricos, para contribuir com uma doação de US$800 milhões, que será utilizada para conservar a variedade de plantações perpetuamente.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink