“Entrar na lavoura” é decisivo contra Helicoverpa armigera
CI
Agronegócio

“Entrar na lavoura” é decisivo contra Helicoverpa armigera

Pesquisadora da Embrapa Soja incentiva monitoramento
Por: -Leonardo Gottems

Clara Beatriz Hoffmann Campo, pesquisadora da Embrapa Soja, afirma que o combate à Helicoverpa armigera exige que o agricultor volte a “entrar na lavoura”. Ela participou do 26º Encontro de Cooperados da Coamo Agroindustrial.

“O que fez a diferença para muitos produtores foi que eles entraram nas lavouras. Com a Helicoverpa, o agricultor teve de voltar a monitorar, pois teve que conhecer a praga. Quem agiu assim, não teve problemas, o agricultor que foi consciente e preservou os inimigos naturais não teve motivos para pânico, ele estava consciente do que estava acontecendo na sua propriedade”, explicou.


A pesquisadora salientou que “os produtores não devem se precipitar, antes é preciso avaliar a situação, fazer o pano de batida. Se não tiver esse real quadro do que está acontecendo na propriedade, não dá para sair aplicando produtos químicos, pois corre o risco de matar os inimigos naturais, que são mais fáceis de serem mortos do que a própria praga”.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink