"Vaca louca" pode afetar as exportações brasileiras
CI
Agronegócio

"Vaca louca" pode afetar as exportações brasileiras

Por:

A suspensão das importações de carne bovina do Canadá, em razão do aparecimento da doença da "vaca louca" em um animal do rebanho local, poderá provocar impactos mais negativos do que positivos para os exportadores de carne do Brasil, segundo Ênio Marques, diretor da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec).

Segundo ele, será preciso fazer análise para identificar se a imagem da carne bovina não foi prejudicada em virtude do surgimento da doença, o que poderia reduzir o consumo, principalmente nos EUA.

"O Canadá exporta carne ‘in natura’ aos EUA, México e Japão, mercados onde o Brasil não atua. Com isso, não teremos como nos beneficiar diretamente com a suspensão das importações dos EUA."

Quarentena

Três fazendas canadenses no estado de Alberta, estão em quarentena desde ontem, enquanto as autoridades investigam como se deu o primeiro contágio de um animal, na América do Norte da "vaca louca" em uma década, segundo informou a agência Dow Jones Newswires.

Temendo prejuízos para o setor dados divulgados pelo governo canadense e pela indústria tentaram garantir ao mundo que a carne do país não representava nenhum perigo para a saúde, enquanto as autoridades tratam de descobrir como o contágio ocorreu.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.