20 anos de confiança mútua e desenvolvimento no campo
CI
Agronegócio

20 anos de confiança mútua e desenvolvimento no campo

Pronaf: 20 anos de produção de alimentos
Por:

O programa que transformou a realidade de mais de 2,6 milhões de unidades familiares de produção, gerou renda, potencializou o uso da mão de obra familiar e viabilizou o aumento da produção e da produtividade dos alimentos consumidos pelos brasileiros, completa 20 anos em 2015. Em Chapecó, município de Santa Catarina, nem o tempo fechado desanimou os agricultores familiares, que prepararam, nesta terça-feira (15), uma festa para comemorar o aniversário do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e receber o ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias.

O seminário ‘Pronaf: 20 anos de produção de alimentos’, organizado pelo sistema Cresol de Cooperativas de Crédito Rural com Interação Solidária (Central SC/RS), reuniu agricultores familiares, lideranças rurais e sindicais, gestores e parlamentares, com o intuito de discutir estratégias para aperfeiçoar a iniciativa. Na abertura do evento, um gesto proposto pela cooperativa traduziu a relação de confiança e parceria construída, nesse período, entre o governo federal e os agricultores familiares. Todos os participantes foram convidados a cumprimentar, um ao outro, com um fraterno aperto de mão.

Convidado a falar aos agricultores e lideranças presentes, Patrus enalteceu as belezas naturais do município catarinense, lembrou a "infância na roça" e fez uma retrospectiva sobre os êxitos da agricultura familiar em 2015, seu primeiro ano à frente da pasta do Desenvolvimento Agrário. "Tivemos grandes avanços, como o aumento, em 20%,dos recursos do Pronaf, as mudanças no Seguro da Agricultura Familiar e o aumento nos valores de compras governamentais. Nos próximos dias, a Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) também será realidade".

O ministro também falou sobre os desafios e compromissos prioritários para o MDA, nos próximos três anos. "As mulheres têm que ter acesso aos mesmos direitos que os homens e os jovens precisam de mais educação, lazer e qualidade de vida para permanecerem no campo. As famílias precisam ser assentadas e o campo tem que ter incentivo para se desenvolver, agregar valor ao que produz e cultivar alimentos cada vez mais saudáveis", completou.

O presidente da Confederação das Cooperativas Centrais de Crédito Rural com Interação Solidária (Confesol), Ailton Croda, elogiou a condução do programa pelo governo federal nos últimos doze anos e convidou os participantes a refletirem sobre a importância da democracia para o avanço da agricultura familiar e sobre o atual momento político do país. "Avançamos muito com o Pronaf e com outras políticas públicas, que contribuíram para o desenvolvimento do campo. Não podemos aceitar voltar atrás. Precisamos avançar com o Pronaf, com espaços de debates como esse  e, principalmente,  com  o comprometimento de quem quer um pais livre, justo e fraterno", afirmou.

Já o presidente da Cresol Central, Rudemar Casagrande, aproveitou sua fala para destacar as conquistas alcançadas pelos agricultores familiares em duas décadas. "É uma história marcada por muitas lutas e dificuldades, mas que resultou em muitos avanços. Temos muito orgulho de fazer parte dessa trajetória".

A produção de alimentos saudáveis e livres de agrotóxicos também foi assunto de destaque, durante o seminário. Representando a Federação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Agricultura Familiar (Fetraf), Celso Ludwick, falou sobre importância do crédito para a produção sustentável. "O ministro (Patrus), que é um entusiasta da agroecologia, vai concordar: o Pronaf não é um instrumento da agricultura familiar, mas de toda sociedade. Ninguém mais quer consumir produtos que fazem mal à saúde".

Sobre a Cresol Central SC/RS

A Cresol é um sistema de cooperativas com crédito rural com interação solidária para oferecer, além de crédito, oportunidades para inclusão produtiva dos agricultores familiares. Com sede em Chapecó, a Cresol Central conta atualmente com mais de 61 cooperativas singulares afiliadas, cooperados, 1, 1 mil colaboradores em 500 municípios.

Agenda em Chapecó

Ainda em agenda no município catarinense, o ministro Patrus Ananias visitará a Cooperativa de Habitação dos Agricultores Familiares (Cooperhaf), da Federação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar da Região Sul (Fetraf/Sul).


Ascom/MDA


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Mais lidas

PR1040.50000e15-90cf-4c6a-b8a6-8d14307d9fc1.20220526210838759614


Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.