2011: o ano da renovação da bolsa de suínos de Minas Gerais

Agronegócio

2011: o ano da renovação da bolsa de suínos de Minas Gerais

A par das necessidades dos produtores mineiros, a Asemg aposta na tecnologia e passa a transmitir ao vivo, a partir de fevereiro de 2011
Por:
899 acessos
A Bolsa de Suínos de Minas Gerais realizada pela Associação dos Suinocultores do Estado de Minas Gerais (Asemg) passa, a partir de fevereiro de 2011, por reformulações que têm como objetivo o aprimoramento do processo de negociações e, consequentemente, melhor remuneração ao produtor. “Nossa Bolsa existe há mais de 20 anos e desde então passamos por diversas reestruturações com o objetivo de aumentar o nosso poder de negociação frente aos frigoríficos. Representantes de grandes pólos suinícolas debatem conosco de forma presencial ou através de videoconferência para buscarmos o coletivismo na nossa política de precificação, ressaltando sempre a nossa responsabilidade para com os produtores mineiros. Costumamos dizer que não brincamos de colocar preço na Bolsa, reflexo disso é que esta é hoje uma das mais respeitadas e seguidas em todo o país” explicou José Arnaldo Cardoso Penna, vice-presidente da Asemg e presidente da Bolsa de Suínos de Minas Gerais.

Sistemas de Informação

Na última terça-feira (11) a gerente executiva da Asemg, Sabrina Cardoso, esteve na Esalq/Usp (Piracicaba), sede do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (CEPEA) para uma reunião com o doutor em Economia Aplicada pela Usp e coordenador da área de carnes, Dr. Sérgio Zen, com o objetivo de estabelecer uma parceria entre Cepea e Asemg visando a melhoria do grau de informação e do desenvolvimento de métodos de previsão de demanda futura referentes ao mercado suinícola mineiro.

Pretende-se, a partir desta parceria, começar a antecipar cenários através de análises das séries históricas de preços da Bolsa juntamente a outros indicadores estabelecendo assim métodos estatísticos de previsão de demanda futura. “Ajustaremos a amostragem da nossa pesquisa que será realizada de forma eletrônica para cerca de 75.000 matrizes – cerca de 30% do plantel mineiro – e trabalharemos novas informações como a idade dos animais na granja, que vai nos indicar a oferta média prevista para as próximas semanas, dado de extrema importância para nortear a reunião de planejamento com os nossos negociadores. Para o êxito deste trabalho será fundamental contar com o apoio e Know-how da estrutura estatística do CEPEA para refinarmos a nossa pesquisa e traçarmos cenários futuros com maior grau de acertabilidade”, avaliou João Bosco Martins de Abreu, presidente da Asemg.

Outra parceria que será batalhada pela Asemg é com o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) afim de se obter mais informações sobre a entrada e saída de animais em nosso Estado através das guias de trânsito animal (GTAs).

Bolsa Online


A par das necessidades dos produtores mineiros, a Asemg aposta na tecnologia e passa a transmitir ao vivo, a partir de fevereiro de 2011, a Bolsa de Suínos de Minas Gerais através do site da instituição (www.asemg.com.br). “Promover o contato com os produtores de suínos é um dos objetivos da Asemg e com a transmissão da Bolsa, ao vivo, conseguiremos fazer com que produtores que não possam estar presentes fisicamente, devido à distância de seus negócios da capital mineira, possam acompanhar em tempo real as decisões tomadas durante a Bolsa de Suínos”, pontuou Roberto Coelho, diretor de mercado da Asemg.

Melhorias Contínuas

Com o passar dos anos a Bolsa de Suínos, um dos serviços prestados pela Asemg, vem se adequando as realidades do mercado e das necessidades dos seus produtores tornando-se cada vez mais versátil e moderna, tendo sido adotadas para isso medidas como: contratação do Instituto de Pesquisas Mercado Mineiro para a aferição de preços do varejo da região metropolitana de Belo Horizonte, do consultor em negociação da Fundação Dom Cabral José Carlos Martins de Mello, objetivando melhorar a performance dos negociadores, de um especialista em cortes para promover a confraternização dos associados após a Bolsa, além da melhoria da parte estrutural do auditório. Tudo isso pensando no retorno e no bem estar dos seus associados!

Portanto, caso você ainda não seja sócio da Asemg e queira contribuir e participar de todos esses benefícios que ajudam a profissionalizar ainda mais a suinocultura mineira, acesse: http://www.asemg.com.br/associe.php e se torne o mais novo associado.

Serviço:

A Bolsa de Suínos de Minas Gerais realizada nesta quinta-feira (13) teve o valor acordado em R$3,20/kg do animal vivo no atacado. Validade: 14 a 20 de janeiro. A informação do preço da Bolsa de Suínos poderá ser obtida através dos seguintes meios:

1) Site: www.asemg.com.br
2) Gravação: 31 3209.0944
3) SMS: cadastre seu celular através do link http://www.asemg.com.br/contato.php

As informações são da assessoria de imprensa da Associação dos Suinocultores do Estado de Minas Gerais (Asemg).
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink