2016: ano de valorização dos reprodutores e da carne Montana

Agronegócio

2016: ano de valorização dos reprodutores e da carne Montana

Em novembro, a fazenda Santa Genoveva (Barretos, SP) abateu 2 lotes de animais
Por:
318 acessos

O Composto Tropical Montana encerra 2016 com duas importantes conquistas: gado padrão Cota Hilton e primeiro prêmio em concurso de carcaças bovinas. “Some-se a esses resultados excepcionais um ano de recorde de vendas de touros nos leilões e nas fazendas dos parceiros”, informa a gerente de operações Gabriela Giacomini. 
 
Em novembro, a fazenda Santa Genoveva (Barretos, SP) abateu 2 lotes de animais: um com 66 bois inteiros Montana aos 2 anos e 100% na cota Hilton; e outro com 66 bois inteiros cruza Montana x Zebu, também aos 2 anos, 100% exportação Europa. “O lote padrão cota Hilton teve machos abatidos com 22,98@ e rendimento de carcaça de 56,32%. O lote da cruza Montana e Zebu contou com animais de 26,98@ e rendimento de 58,40%. Todos os animais estavam inteiros”, explica Gabriela Giacomini. 
 
Em outra frente de avaliação, um lote de 100 machos inteiros cruza Montana x Zebu da JP Agronegócios (Três Lagoas, MS), com 90 dias de confinamento, foi abatido no frigorífico JBS. O lote participou, e venceu, a quarta semana (21 a 25 de Novembro) da disputa dos melhores lotes exibidos no programa Giro do Boi. Os animais (machos inteiros) foram abatidos atingiram a média de 20@, com rendimento de 55,5%.
 
Gabriela destaca que o Montana teve um ano excelente, reforçando que o mercado vem aceitando cada vez mais qualidades indiscutíveis do composto tropical. “2016 foi de muito sucesso para a raça e muita procura. Um exemplo é a obtenção da maior média da história no leilão de Pelotas (RS)”.
 
Carne diferenciada – Além dos excelentes resultados em leilões e no abate de gado comercial, a qualidade da carne Montana também ganhou destaque em 2016. “Em novembro, fizemos degustação de carne de novilha Montana e a comparamos com carne embalada a vácuo à venda em bons açougues de São José do Rio Preto. O resultado dos apreciadores de carne foi unânime: a carne de Montana foi a mais saborosa, suculenta e com maior índice de marmoreio. Foi a preferência do público”, complementa Gabriela, destacando que a degustação não teve nenhum enfoque científico. 
 
Mais informações: www.compostomontana.com.br, e-mail: faleconosco@compostomontana.com.br e telefone (17) 3011-6775.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink