21° leilão das Fazendas Sant’Anna confirma alta demanda

Agronegócio

21° leilão das Fazendas Sant’Anna confirma alta demanda

Na pecuária moderna não existem fronteiras quando o assunto é investir na qualidade genética do gado
Por:
1575 acessos

Na pecuária moderna não existem fronteiras quando o assunto é investir na qualidade genética do gado. A busca por reprodutores e matrizes com eficiência produtiva e reprodutiva a campo se tornou uma atividade constante, tendo em vista seus inúmeros benefícios. Os resultados obtidos pela Fazenda Sant’Anna em seu tradicional leilão de gado, realizado no último dia 17, em Rancharia (SP), confirmam essa tendência. Em sua 21ª edição ininterrupta, o evento registrou faturamento acima de R$ 1.7 milhão, com a comercialização de 70 fêmeas prenhes e 270 touros Nelore e Brahman de alto desempenho. Foram computadas vendas em Mato Grosso, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e até mesmo do Pará.

Jovelino Carvalho Mineiro Filho, conhecido por seus mais de 40 anos de dedicação à pecuária funcional, recebeu mais de 600 pecuaristas no recinto de leilão de sua propriedade. Quase 70% da vendas foram efetuadas pelo Canal Terra Viva, que transmitiu o evento, porém, grande parte dos convidados entrou na disputa pela oferta diferenciada. “O leilão foi um sucesso. Contamos com a participação de um grande número de pecuaristas e mais uma vez a qualidade de nossa seleção foi reconhecida pelo mercado”, afirma o criador.

A principal novidade deste ano foi à venda de fêmeas Nelore e Brahman, todas prenhes, algo que Fazenda Sant’Anna não fazia há algum tempo. Os animais foram ofertados rapidamente pela manhã em remate virtual, com a participação de sete investidores. O faturamento foi de R$ 283.920, com média de R$ 4.056,00 por animal. “São fêmeas muito rústicas, com excelente caracterização racial e habilidade materna, selecionadas com o mesmo rigor zootécnico aplicado aos reprodutores”, explica Jovelino Mineiro.

Logo após almoço, deu-se início ao tradicional leilão de reprodutores, onde foram vendidos 237 animais, 82 da raça Brahman POI e 155 da raça Nelores PO. O gado foi arrematado por 48 investidores, resultando em um faturamento superior a R$ 1.4 milhão, média de R$ 6.121,52 por cabeça. Quem mais comprou reprodutores foi Carlos Roberto Fleck, criador de gado com fazenda na região de Altamira (PA), que adquiriu 52 touros Nelore. O segundo maior investidor foi Fazenda NR, seguida pela Fazenda Velha. O lote de maior cotação foi CJ SANT’ANNA PO 3556, arrematado pela Fazenda 20 de maio, de Getulina (SP), pela quantia de R$ 26.400,00. Este touro é filho do conhecido JERU FIV DO BRUMADO em vaca FIV SANT’ANNA 305 (HELÍACO DA JAVA). “Somos parceiros da Sant’Anna há uns 05 anos e o resultados dos animais a campo impressiona qualquer produtor. É um gado muito rústico, que cobre facilmente mais de 30 vacas. O ganho de peso dos ½ sangue é outra grande vantagem. É um gado muito precoce, de ótimo rendimento, inclusive em confinamento”, afirma Abdias Alves, administrador da Fazenda NR, propriedade do pecuarista Rodrigo de Sant’Anna Narvaes, em Rancharia (SP).

As batidas do martelo foram comandadas pelo leiloeiro Adriano Barbosa, com organização da Estância Bahia Leilões, de Água Boa (MT).

Inovação em vendas - O 21º Leilão das Fazendas Sant’Anna foi palco de um projeto inovador, que está sendo implantado pelo Canal Terra Viva. A emissora especializada passa agora a comercializar animais também via internet, tecnologia isenta de delay. A novidade foi aprovada por clientes da Fazenda Sant’Anna. É o caso da Fazenda Pôr do sol, de Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul, que acompanhou o remate em tempo real e arrematou 02 lotes duplos de fêmeas.

Reconhecimento que vem do campo – O principal compromisso da Fazenda Sant’Anna é levar a pecuaristas de todo país touros com alto desempenho a pasto, muito bem adaptados, férteis e com aprumos corrigidos. Segundo Jovelino Mineiro, “são reprodutores capazes de produzir mais carne por hectare com menor custo”. O reconhecimento desse intenso trabalho vem do próprio campo, com a satisfação dos clientes. "Os touros Brahman e Nelore comprados da Sant’Anna trabalham bem a campo; não sentem e tem uma performance excepcional. Na vacada F-1 [zebu X europeu], e também nas fêmeas Nelore, produzem uma bezerrada sadia e pesada. A desmama é feita aos 8 meses, com as fêmeas pesando, em média, 245 kg e os machos 295 kg a pasto”, relata Clair Balero, gerente da Fazenda 20 de maio, de Getulina (SP). O Grupo Gasparim de Pres. Bernardes (SP) também confirma e eficiência da tourada. “Todos os anos sempre compramos nos leilões da Sant’Anna. Temos tido resultados muito satisfatórios”, afirma João Gasparim, presidente do grupo.

Seleção de zebu para os trópicos - A Fazenda Sant'Anna desenvolve um trabalho sério na criação com foco na produção de bovinos preparados para criação extensiva e adaptados a condições adversas. É a primeira propriedade brasileira a exportar material genético para a América do Norte. Os touros e matrizes Nelore e Brahman vêm se destacando nas principais colocações dos sumários das raças zebuínas e seguem cobertos pelo serviço de pós-venda da propriedade, oferecendo-se a garantia de reprodução dos animais negociados.

Maiores informações no site www.fazendasantanna.com.br

As informações são da assessoria de imprensa da Fazendas Sant'Anna.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink