25 cidades brasileiras em situação de emergência
CI
Imagem: Pixabay
DESASTRES NATURAIS

25 cidades brasileiras em situação de emergência

Municípios estão localizados em oito estados das regiões Nordeste, Centro-Oeste e Sul do País
Por: -Aline Merladete

Nesta quarta-feira (0.10) o Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), reconheceu a situação de emergência em 25 cidades do Nordeste, Centro-Oeste e Sul do País atingidas por desastres naturais. A falta de chuvas continua causando prejuízo em cidades do Nordeste. Na Bahia, Andaraí, Andorinha, Aracatu, Campo Alegre de Lourdes, Cordeiros, Igaporã, Jaguari e Riacho de Santana sofrem com a estiagem, assim como Parazinho, no Rio Grande do Norte.

As decisões foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (6).Já as cidades de Chorrochó, na Bahia, Quiterianópolis, no Ceará, e Luís Gomes, no Rio Grande do Norte, passam por um período de seca, que é a ausência de chuvas por um período ainda mais prolongado do que a estiagem. Na Região Centro-Oeste, nove municípios registraram incêndios florestais, sendo oito deles em Goiás - Goiânia, Alto Paraíso do Goiás, Cavalcante, Guarani de Goiás, Mineiros, Pirenópolis, São Domingos e Teresina de Goiás - e um em Mato Grosso - Jaciara.

De acordo co os dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), na Região Sul, as cidades de Alvorada do Sul, no Paraná, e Dionísio Cerqueira, em Santa Catarina, também foram atingidas pela estiagem. E no Rio Grande do Sul, na direção oposta, a cidade de Estrela registrou inundações e São Pedro do Sul passou por fortes vendavais.

Com o reconhecimento federal, os municípios atingidos por desastres podem solicitar recursos do MDR para atendimento à população afetada, restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de equipamentos de infraestrutura danificados pelo desastre. A solicitação deve ser feita por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD). Com base nas informações enviadas, a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com a especificação do montante a ser liberado.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.