25 de julho! Dia do colono, do motorista e do aniversário da Fecoagro

Agronegócio

25 de julho! Dia do colono, do motorista e do aniversário da Fecoagro

Este final de semana o setor agropecuário, do agronegócio e do cooperativismo tem uma data importante a registrar
Por:
982 acessos
Este final de semana o setor agropecuário, do agronegócio e do cooperativismo tem uma data importante a registrar. Não sei se muita coisa a comemorar, pois em época de crise econômica mundial atinge todo setor agrícola. Este dia 25 de julho é dedicado ao Colono e ao Motorista e também são comemorados os 34 anos de fundação da Fecoagro.
O Colono - que muitas vezes é tratado de forma pejorativa, especialmente pelos meios urbanos - é sem dúvida a garantia da existência das demais atividades econômicas em outros setores em SC. Isso sem considerar a nobreza do seu trabalho para produzir alimentos ao meio urbano, e para àqueles que o inferiorizam. Não se pode negar de que está sempre presente aquela frase: “se o interior não planta, a cidade não janta”.
 
Os motoristas, que no Brasil são os principais responsáveis pelo transporte da produção destinada aos grandes centros consumidores e aos portos para a exportação, são complemento do trabalho dos a gricultores e suas entidades. Até mesmo a semelhança de carga horária de trabalho dessas duas profissões, é incontestável.
 
O aniversário da Fecoagro talvez seja o de menor significância na data, entretanto, para quem acompanha e conhece as atividades dessa Federação, sabe da importância de uma organização de pessoas, sem fins lucrativos, e que trabalha em busca de melhores resultados econômicos nos objetivos sociais das cooperativas e conseqüentemente, atingindo aos agricultores.
 
Nesses 34 anos de história da Fecoagro já se obtive muitas passagens positivas e negativas, e a entidade tem sido fiel aos interesses das cooperativas, seus associados e do sistema cooperativo como um todo. Contar a historia, as glórias e as frustrações da Fecoagro nesse momento não vem ao caso, mas lembrar que ela está presente, sempre avançando e defendendo os princípios cooperativistas, com destaque para a integração e a intercooperação, é sempre importante ressaltar. Quem já sentiu a existência da Fecoagro, com as repercussões diretas ou indiretamente nos negócios, quer nas compras de insumos, quer nas vendas da produção agropecuária, está coerente com a realidade. Quem sabe que esse trabalho existe, mas não quer reconhecer por interesses outros, certamente viverá um problema de peso na consciência. E quem não conhece a Fecoagro, tem uma excelente oportunidade de se informar e entender que a suas ações em 34 anos de existência, pôde propiciar a inclusão social, melhorar distribuição de renda e assistir o expressivo número de mais de 50 mil agricultores associados das cooperativas filiadas. Pense nisso.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink