3º seminário e reunião do arroz começam amanhã em Rondonópolis/MT

Agronegócio

3º seminário e reunião do arroz começam amanhã em Rondonópolis/MT

Considerado um dos eventos mais importantes da cultura do arroz, o objetivo é colaborar com o desenvolvimento da cadeia produtiva
298 acessos

O terceiro Seminário da Cultura do Arroz em Terras Altas e a terceira Reunião da Comissão Técnica da Cultura do Arroz em Mato Grosso e Rondônia, ocorre no município de Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá), nos dias 04 e 05 de agosto. No seminário serão abordadas ações de governo para viabilizar a cadeia produtiva do arroz, estimular a produção de arroz e ampliar o seu cultivo, em harmonia com o meio ambiente, integrar a cadeia produtiva visando a sua sustentabilidade, discutir os desafios e conquistas da agroindústria arrozeira do Estado de Mato Grosso.

Considerado um dos eventos mais importantes da cultura do arroz, o objetivo é colaborar com o desenvolvimento da cadeia produtiva. O seminário é uma iniciativa da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Sindicato das Indústrias da Alimentação de Rondonópolis (Siar-Sul/MT), Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), governos federal, estadual e entidades parceiras.

Mato Grosso é considerado o principal produtor da região Centro-Oeste e terceiro maior produtor nacional. No final da década de 90, o Estado torna-se o segundo maior produtor de arroz do Brasil. A Empaer em parceria com a Embrapa, desenvolve pesquisas desde a década de 80, com cultivares de arroz de terras altas mais resistentes às doenças e ao acamamento com melhores qualidades de grãos e mais produtivas.

A pesquisadora da Empaer, Nara Regina Gervini Souza, fala que as opções de cultivares recomendadas para o plantio em Mato Grosso são, BRS Primavera, BRS Bonança, BRSMG Curinga, BRS Sertaneja, BRS Monarca e BRS Pepita. Segundo a pesquisadora, essas cultivares apresentam ciclo precoce, que varia de 100 a 112 dias e semi-precoce de 105 a 118 dias. A pesquisadora durante a reunião, profere uma palestra sobre orizicultura e agricultura familiar em Mato Grosso.

O evento será realizado no auditório do Sebrae em Rondonópolis. Mais informações – (66) 3423 1239. (66) 3421 4947 (Siar-Sul), (65) 3613 1734.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink