46% das carnes disponibilizadas internamente em 2011 serão de frango

Agronegócio

46% das carnes disponibilizadas internamente em 2011 serão de frango

Comparado a 2006, a produção de 2011 tende a aumentar 25%
Por:
1048 acessos
Se as projeções da CONAB se confirmarem, 46% das carnes disponibilizadas para cada um dos brasileiros no corrente exercício (ou seja, quase a metade) estarão representadas pela carne de frango. O volume previsto para a carne bovina corresponde a 39% do total, enquanto o de carne suína alcança 15%.

Cotejadas essas projeções com a disponibilidade estimada para 2006, constata-se que só a carne bovina apresenta disponibilidade menor. E não porque as exportações tenham aumentado (a tendência é a de fechar-se o quinquênio com um volume 20% menor que o de 2006), mas porque a produção decresceu entre 2006 e 2009 e só a partir do ano passado é que passou a experimentar reversão.

A disponibilidade de carne suína tende a alcançar os 14,5 kg per capita, um volume 11,5% maior que o registrado em 2006. Mas grande parte desse aumento deve ser alcançado em função de um crescimento moderado das exportações – de 7% a 8% maiores que as de 2006, mas ainda aquém das registradas em 2009.

Nesse cenário, apenas a carne de frango registra expansão na produção, na exportação e na disponibilidade interna (total e per capita). Assim, comparativamente a 2006, a produção de 2011 tende a aumentar mais de 25%, a exportação quase 50%, a disponibilidade interna total cerca de 35% e a disponibilidade per capita não menos que 25%.

Com este último resultado, a participação da carne de frango no mix de carnes dos brasileiros deve aumentar perto de 28% em apenas cinco anos.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink