76,7% da safra de soja está comercializada
CI
Imagem: Pixabay
SAFRA 2021/22

76,7% da safra de soja está comercializada

Vendas do milho de verão do mesmo ano comercial alcançam 64,6%
Por: -Aline Merladete

A comercialização da safra 2021/22 da soja brasileira chegou a 76,7% da produção esperada até o dia 8 de julho. Com isso, continuou aquém dos 91,2% do fluxo recorde da safra 2019/20, dos 80,2% observados em igual momento do ano passado e também da média de 78,8% dos últimos 5 anos.

Conforme o  levantamento realizado pela Consultoria DATAGRO, houve incremento mensal de 6,8 pontos percentuais, acima dos 5,9 p.p. observados no mês anterior e do padrão normal para o período -- 5,5 p.p. “Os preços médios internos tiveram comportamento misto em junho, sem direção única. Os negócios acabaram acontecendo onde tivemos altas, devido à necessidade de fazer caixa para financiar a compra de insumos. De todo modo, sempre de forma cautelosa, uma vez que a expectativa dominante é a de que as condições de mercado ainda são muito tensas, com espaço para novas elevações com a intensificação da entressafra, levando os produtores a dividir sua opção com a venda do milho”, destaca Flávio Roberto de França Junior, coordenador de Grãos da DATAGRO.

Considerando a previsão da safra 2021/22, revisada para 126,18 milhões de toneladas, os sojicultores brasileiros negociaram, até a data analisada, 96,77 mi de t. Em igual período do ano passado, esse volume de produção negociado estava muito maior em termos relativos e absolutos, chegando a 111,33 mi de t.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.