8º Congresso Internacional “Madeira 2016” acontece nesta quinta e sexta em Palmas

Agronegócio

8º Congresso Internacional “Madeira 2016” acontece nesta quinta e sexta em Palmas

Evento acontece nesta quinta e sexta-feira, 16 e 17
Por:
537 acessos

Com mais de 173 mil hectares de florestas plantadas, o Tocantins sedia, pela primeira vez, o Congresso Internacional de Desenvolvimento Econômico Sustentável da Indústria de Base Florestal e de Geração de Energia - o Madeira 2016, que está em sua oitava edição. O evento acontece nesta quinta e sexta-feira, 16 e 17, no auditório do Palácio Araguaia. Nesta quarta-feira, 15, será realizado a 31ª reunião da Câmara Setorial de Florestas Plantadas do Ministério da Agricultura, Pecuária Abastecimento (Mapa), no auditório da Secretaria da Agricultura, a partir das 14h.

Promovido pelo Instituto Besc de Humanidades e Economia com apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária, esta edição do congresso terá como tema "a produção da madeira para uso múltiplo e a competitividade do setor de base florestal no mercado internacional". As inscrições para participar do evento podem ser feitas via internet no endereço: www.congressomadeira.com.br/2016. A principal proposta do congresso é para, a partir das discussões relativas ao tema proposto, contribuir para o desenvolvimento da produção de madeira de florestas plantadas e sua maior utilização industrial e energética, bem como oferecer subsídios para ações governamentais em todos os níveis, incluindo a formulação de políticas públicas para o setor.

Segundo o secretário de Agricultura, Clemente Barros, o Congresso pretende reunir os principais atores do setor florestal em torno do debate de ideias e a realização de ações em benefício do desenvolvimento permanente a esta indústria. “Também vai contribuir com as políticas de investimento público-privado que se destinam à produção e inserção de nossos produtos florestais no mercado internacional”, ressalta.

Programação O evento será marcado por uma agenda temática dividida em cinco painéis, que terão os seguintes temas: "uso da madeira certificada como sistemas construtivos", "a importância dos produtos madeireiros na bioeconomia", "impacto dos grandes acordos internacionais no comércio de produtos madeireiros", "políticas de investimentos e valorização de florestas", "reflorestamento no Estado do Tocantins e seu impacto na economia".

Premiação De acordo com a presidente do Instituto Besc de Humanidades e Economia, Jussara Ribeiro, o congresso é realizado a cada dois anos, e a expectativa é repetir o sucesso das edições anteriores. "Realizamos o congresso em um estado com vocação para a indústria de base florestal”. Jussara Ribeiro ressalta ainda que o Madeira 2016 também vai premiar personalidades do setor florestal nas categorias comunicador social, empresário, executivo, gestor público, pesquisador e organização social. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink