A erva da Coca-Cola

Agronegócio

A erva da Coca-Cola

É a segunda vez, em menos de uma década, que a companhia tenta ingressar no disputado mercado local
Por:
3148 acessos

Imagem retrata Campanha do produto, lançado na Argentina, numa nova tentativa da Coca-Cola de ingressar no disputado mercado local da erva

De olho no lucrativo mercado argentino de erva-mate, a Coca-Cola lançou na semana passada na Argentina o La Vuelta (A volta). É a segunda vez, em menos de uma década, que a companhia tenta ingressar no disputado mercado local.

A infusão é consumida diariamente por 75% dos argentinos e está presente em 90% dos lares. Cada argentino consome anualmente sete quilos de erva-mate, enquanto compra somente um quilo de café no mesmo período.

Se dessa vez o ingresso da companhia no segmento será definitiva, só o tempo poderá responder. No momento já existe no país mais de 60 marcas do produto, responsáveis por quase 60% da produção de toda a erva-mate consumida anualmente no mundo.

Teste no Uruguai

Como forma de testar a aceitação do produto, o La Vuelta foi lançado em 2009 no mercado uruguaio e hoje em dia - mais de uma ano após o seu lançamento - é responsável por 2% do mercado. O objetivo da companhia é atingir, rapidamente, os 5%.

No vizinho Uruguai, o consumo chega a ser até mais elevado que na Argentina, já que atinge os 2,2 quilos de erva per capita mensal - , volume que coloca os uruguaios no topo do ranking mundial de tomadores de chimarrão. O mate, por sinal, está presente em 98% dos lares uruguaios.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink